Carro autônomo acelera sozinho ao ser cercado por policiais nos EUA; VÍDEO

Veículo avançou alguns metros depois de ser abordado por oficiais da Polícia de São Francisco. Empresa responsável pelo carro disse que esta foi uma ação planejada e que a ideia era parar em um local mais seguro. Carro autônomo acelera sozinho ao ser cercado por policiais nos EUA Um carro autônomo surpreendeu ao acelerar sozinho após ser cercado por policiais nos Estados Unidos. O caso aconteceu em 1º de abril e foi confirmado pela Cruise, empresa responsável pelo veículo. Segundo a companhia, o caso ocorreu no distrito de Richmond, em São Francisco. O carro estava sem motorista e foi cercado pelos policiais porque estava com o farol dianteiro desligado. Os microchips que permitem pagamento com a mão Primeira missão totalmente privada chega à Estação Espacial Internacional Um dos policiais se aproximou do veículo e, em seguida, voltou à viatura. Logo depois, o carro autônomo avançou alguns metros e parou depois de passar pelo cruzamento. A situação chamou a atenção de pedestres que estavam no local. A Cruise disse que o veículo parou por conta da abordagem, mas acelerou para estacionar em um local mais seguro. De acordo com a empresa, esta é uma ação planejada. "Um policial entrou em contato com a equipe da Cruise e nenhuma multa foi aplicada", disse a companhia. "Trabalhamos em estreita colaboração com a Polícia de São Francisco sobre como lidar com nossos veículos e temos um número de telefone dedicado para eles ligarem em situações como essa".

Carro autônomo acelera sozinho ao ser cercado por policiais nos EUA; VÍDEO
Veículo avançou alguns metros depois de ser abordado por oficiais da Polícia de São Francisco. Empresa responsável pelo carro disse que esta foi uma ação planejada e que a ideia era parar em um local mais seguro. Carro autônomo acelera sozinho ao ser cercado por policiais nos EUA Um carro autônomo surpreendeu ao acelerar sozinho após ser cercado por policiais nos Estados Unidos. O caso aconteceu em 1º de abril e foi confirmado pela Cruise, empresa responsável pelo veículo. Segundo a companhia, o caso ocorreu no distrito de Richmond, em São Francisco. O carro estava sem motorista e foi cercado pelos policiais porque estava com o farol dianteiro desligado. Os microchips que permitem pagamento com a mão Primeira missão totalmente privada chega à Estação Espacial Internacional Um dos policiais se aproximou do veículo e, em seguida, voltou à viatura. Logo depois, o carro autônomo avançou alguns metros e parou depois de passar pelo cruzamento. A situação chamou a atenção de pedestres que estavam no local. A Cruise disse que o veículo parou por conta da abordagem, mas acelerou para estacionar em um local mais seguro. De acordo com a empresa, esta é uma ação planejada. "Um policial entrou em contato com a equipe da Cruise e nenhuma multa foi aplicada", disse a companhia. "Trabalhamos em estreita colaboração com a Polícia de São Francisco sobre como lidar com nossos veículos e temos um número de telefone dedicado para eles ligarem em situações como essa".