Filhote de rinoceronte-branco nasce em zoológico em Cuba

Um filhote de rinoceronte branco nasceu no zoológico de Cuba. A espécie está ameaçada de extinção por conta da caça ilegal que matava esses animais para retirar o chifre e vender. A mãe é uma fêmea que foi doada junto com outros nove rinocerontes pela Namíbia, em 2013O animal, que veio ao mundo em 9 de junho, foi chamado de Ale já pesava, ao nascer, cerca de 80 quilos. O rinoceronte é o segundo exemplar deste tipo a ser gerado em 18 anos no parque temático. A primeira foi sua irmã Mel em 2019.Rinocerontes se alimentam de cenouras deixadas pelo zelador do zoológico nas pastagens africanasO rinoceronte-branco é a maior das cinco espécies existentes de rinocerontes e pesa um pouco mais, em média, do que um hipopótamo Espécie é severamente ameaçada de extinção pela caça ilegal na África devido ao seu chifre. Segundo, a WWF, existem apenas 18 mil rinocerontes-brancos vivosNa medicina tradicional oriental, o chifre do rinoceronte-branco é utilizado em razão de suas supostas propriedades medicinaisGestores do Zoológico Nacional de Cuba buscam contribuir para a preservação dos rinocerontes-brancos. O nascimento "tem um valor muito grande, sobretudo porque estamos ajudando na conservação desta espécie tão ameaçada", disse à AFP Alexander Arango, técnico especializado em fauna exótica e responsável pelos rinocerontes do parque.

Filhote de rinoceronte-branco nasce em zoológico em Cuba

Um filhote de rinoceronte branco nasceu no zoológico de Cuba. A espécie está ameaçada de extinção por conta da caça ilegal que matava esses animais para retirar o chifre e vender. A mãe é uma fêmea que foi doada junto com outros nove rinocerontes pela Namíbia, em 2013

O animal, que veio ao mundo em 9 de junho, foi chamado de Ale já pesava, ao nascer, cerca de 80 quilos. O rinoceronte é o segundo exemplar deste tipo a ser gerado em 18 anos no parque temático. A primeira foi sua irmã Mel em 2019.

Rinocerontes se alimentam de cenouras deixadas pelo zelador do zoológico nas pastagens africanas

O rinoceronte-branco é a maior das cinco espécies existentes de rinocerontes e pesa um pouco mais, em média, do que um hipopótamo 

Espécie é severamente ameaçada de extinção pela caça ilegal na África devido ao seu chifre. Segundo, a WWF, existem apenas 18 mil rinocerontes-brancos vivos

Na medicina tradicional oriental, o chifre do rinoceronte-branco é utilizado em razão de suas supostas propriedades medicinais

Gestores do Zoológico Nacional de Cuba buscam contribuir para a preservação dos rinocerontes-brancos. O nascimento "tem um valor muito grande, sobretudo porque estamos ajudando na conservação desta espécie tão ameaçada", disse à AFP Alexander Arango, técnico especializado em fauna exótica e responsável pelos rinocerontes do parque.