Indivíduo é preso por receptação de freezers do tipo cervejeira

TRÊS LAGOAS-MS (Correspondente) – A Polícia Civil prendeu em fragrante na quinta-feira (27) o E.P.C, 52 anos pelo crime de Receptação de freezers. A equipe investigava prática quando chegou até C.C.R.F., 35 anos, amigo de E.P.C, sendo apurado que tal pessoa estaria divulgando em redes sociais, via WhatsApp, alguns freezers do tipo cervejeira, para a pessoa […]

Indivíduo é preso por receptação de freezers do tipo cervejeira

TRÊS LAGOAS-MS (Correspondente) – A Polícia Civil prendeu em fragrante na quinta-feira (27) o E.P.C, 52 anos pelo crime de Receptação de freezers. A equipe investigava prática quando chegou até C.C.R.F., 35 anos, amigo de E.P.C, sendo apurado que tal pessoa estaria divulgando em redes sociais, via WhatsApp, alguns freezers do tipo cervejeira, para a pessoa de E.P.C.

Os policiais então após entrarem em contato com C.C.R.F, se passando por comerciantes da cidade. Marcaram um local para  conhecer os produtos que o indivíduo estaria vendendo.  Se dirigiram até um terreno com uma construção abandonada no bairro Montanini, onde estavam escondidas as duas cervejeiras, estando estas lacradas e embaladas.

Após serem confirmadas como sendo objetos de furto, através do modelo e n° séries. Diante de tal situação, C.C.R.F, informou aos policiais, que estaria fazendo um favor de vender os freezers para o seu amigo E.P.C, e que receberia um valor de comissão pelas vendas, mas não soube informar se os objetos tinham notas fiscais, onde assim C.C.R.F, entrou em contato com E.P.C, o qual esteve no local e relatou aos policiais, que teria adquirido 2 frezzers do tipo cervejeira, pelo valor de R$ 5.000,00 reais, os dois, de um conhecido chamado W.A.B., 38 anos, mas que não possuía nota fiscal de tais objetos.

Diante da circunstâncias todos os envolvidos foram apresentados ao plantão policial do DEPAC/TL, juntamente com a pessoa de W.A.B., que compareceu a Unidade Policial por meios próprios, onde todos foram ouvidos no referido procedimento policial e a pessoa de E.P.C., foi autuado em flagrante delito pela prática do crime de Receptação e, após pagar fiança no valor de R$ 2.424,00 foi liberado para responder ao processo em liberdade.