Linha de pipa corta parte de ônibus no DF; veja vídeo

Um motorista de ônibus assustou-se ao ver o estrago que uma linha de pipa com cerol fez na estrutura do veículo. O caso ocorreu na última quarta-feira (26/1), por volta das 17h30, quando José Aparecido, 56 anos, circulava pela cidade de Planaltina-DF. O funcionária da viação Piracicabana afirma que só se deu conta dos danos quando estacionou o ônibus no terminal da região. “Foi uma linha ‘chilena’. Ela pegou o retrovisor, passou na frente do ônibus, cortou a coluna, o para-brisa, a borracha de divisão dos dois para-brisas. Nunca vi isso acontecer antes”, explica o motorista que acumula 17 anos de profissão. “Só de olhar naquele corte, eu já me sinto mal, imagina se aquilo ali fosse numa pessoa. A linha ‘chilena’ corta demais. Pedimos muito cuidado aos motociclistas e ciclistas”, alerta. Neste caso, ninguém se feriu. Enquanto completava sua rota circular por Planaltina-DF, José Aparecido, conta que percebeu a linha de pipa presa no para-brisa. Ele estacionou o veículo num ponto de ônibus próximo, jogou o resto da linha no lixo e seguiu viagem. “[O veículo] ainda continua do mesmo jeito. Fiz um relatório para a empresa, até porque não oferece perigo de estragar, mas com certeza a empresa vai retocar isso”, acredita. Procurada, a empresa Piracicaba informou que trata do assunto internamente e que não irá se pronunciar no momento. Veja como ficou o ônibus:

Linha de pipa corta parte de ônibus no DF; veja vídeo

Um motorista de ônibus assustou-se ao ver o estrago que uma linha de pipa com cerol fez na estrutura do veículo. O caso ocorreu na última quarta-feira (26/1), por volta das 17h30, quando José Aparecido, 56 anos, circulava pela cidade de Planaltina-DF. O funcionária da viação Piracicabana afirma que só se deu conta dos danos quando estacionou o ônibus no terminal da região.

“Foi uma linha ‘chilena’. Ela pegou o retrovisor, passou na frente do ônibus, cortou a coluna, o para-brisa, a borracha de divisão dos dois para-brisas. Nunca vi isso acontecer antes”, explica o motorista que acumula 17 anos de profissão. “Só de olhar naquele corte, eu já me sinto mal, imagina se aquilo ali fosse numa pessoa. A linha ‘chilena’ corta demais. Pedimos muito cuidado aos motociclistas e ciclistas”, alerta. Neste caso, ninguém se feriu.

Enquanto completava sua rota circular por Planaltina-DF, José Aparecido, conta que percebeu a linha de pipa presa no para-brisa. Ele estacionou o veículo num ponto de ônibus próximo, jogou o resto da linha no lixo e seguiu viagem. “[O veículo] ainda continua do mesmo jeito. Fiz um relatório para a empresa, até porque não oferece perigo de estragar, mas com certeza a empresa vai retocar isso”, acredita. Procurada, a empresa Piracicaba informou que trata do assunto internamente e que não irá se pronunciar no momento.

Veja como ficou o ônibus: