Marina de La Riva compartilha raízes brasileiras, cubanas e mexicanas em álbum gravado em Los Angeles

♪ Salsa com tempero brasileiro composta por Ivan Lins com Vitor Martins e apresentada por Simone há 29 anos no álbum Raio de luz (1991) Ai, ai, ai, ai, ai tem acentuado o toque latino nos dois registros fonográficos apresentados por Marina de La Riva no quinto álbum dessa cantora e compositora carioca de ascendência cubana, Raíces compartidas. Riva canta a salsa de Ivan em português e, seis faixas depois, rebobina a música em espanhol. Ao longo das nove faixas do disco, Riva apresenta o tema autoral Y que sabes tu?, injeta latinidade na Influência do jazz (Carlos Lyra, 1963), canta Cachito (Consuelo Velázquez, 1958) com Ney Matogrosso – faixa previamente lançada em single editado em 31 de março – e ecoa a bossa de João Gilberto (1931 – 2019) ao reviver o bolero mexicano Besame mucho (Consuelo Velásquez, 1940). Lançado na quinta-feira, 14 de abril, o álbum Raíces compartidas foi gravado por Marina de La Riva em Los Angeles (EUA) sob a batuta do produtor musical Moogie Canazio. Capa do álbum 'Raíces compartidas', de Marina de La Riva Divulgação

Marina de La Riva compartilha raízes brasileiras, cubanas e mexicanas em álbum gravado em Los Angeles

♪ Salsa com tempero brasileiro composta por Ivan Lins com Vitor Martins e apresentada por Simone há 29 anos no álbum Raio de luz (1991) Ai, ai, ai, ai, ai tem acentuado o toque latino nos dois registros fonográficos apresentados por Marina de La Riva no quinto álbum dessa cantora e compositora carioca de ascendência cubana, Raíces compartidas. Riva canta a salsa de Ivan em português e, seis faixas depois, rebobina a música em espanhol. Ao longo das nove faixas do disco, Riva apresenta o tema autoral Y que sabes tu?, injeta latinidade na Influência do jazz (Carlos Lyra, 1963), canta Cachito (Consuelo Velázquez, 1958) com Ney Matogrosso – faixa previamente lançada em single editado em 31 de março – e ecoa a bossa de João Gilberto (1931 – 2019) ao reviver o bolero mexicano Besame mucho (Consuelo Velásquez, 1940). Lançado na quinta-feira, 14 de abril, o álbum Raíces compartidas foi gravado por Marina de La Riva em Los Angeles (EUA) sob a batuta do produtor musical Moogie Canazio. Capa do álbum 'Raíces compartidas', de Marina de La Riva Divulgação