Mike Deodato é indicado ao Eisner, principal prêmio dos quadrinhos, com HQ ‘Nem Todo Robô’

Obra ilustrada pelo paraibano recebeu duas indicações. HQ é uma sátira, retratada em um futuro onde os robôs assumem todos os empregos. 'Nem todo robô', revista em quadrinhos retrata um futo onde os robôs assumes todos os empregos. Reprodução Comix Zone O paraibano Mike Deodato está entre os indicados ao Eisner Awards 2022. A HQ 'Nem Todo Robô', ilustrada por ele, e escrita por Mark Russell, com cores de Lee Loughridge, concorre nas categorias 'Melhor Nova Série' e 'Melhor Série de Humor'. As indicações foram divulgadas nesta quarta-feira (18). O Eisner é o principal prêmio da indústria de quadrinhos. Neste ano, os vencedores do Eisner Awards 2022 vão ser anunciados no dia 22 julho durante a San Diego Comic-Con, convenção multi-gênero de entretenimento realizada anualmente na Califórnia. LEIA TAMBÉM: Mike Deodato Jr, quadrinista paraibano, anuncia saída da Marvel Comics após 20 anos Ao g1, Mike Deodato disse que ‘Nem Todo Robô’ é o trabalho mais diferente que já realizou. "É um dos roteiros mais inteligentes, difícil de fazer, tem muita crítica social, sátira, humor, que não é o meu forte”. “Foi um desafio para mim, mas valeu muito a pena porque é um dos melhores roteiros que recebi, tanto que foi indicado ao Eisner. Então tô bem satisfeito. O desenhista também explicou que seu mais novo trabalho se trata de uma sátira sobre a sociedade atual. “Fala principalmente sobre a masculinidade tóxica. O cenário é o futuro. Os robôs tomaram todos os empregos e foi designado um robô para cuidar de cada família”, diz Deodato. Com trabalho autoral, Mike Deodato Jr é indicado pela primeira vez ao Eisner Awards. Mike Deodato Jr./Arquivo Pessoal Em 2019, Deodato deixou a Marvel Comics após trabalhar na editora por mais de 20 anos para se dedicar a criar as suas próprias obras e personagens. “Para viver meu sonho de adulto, tenho que abrir mão do meu sonho de criança. Tenho que deixar a Marvel. Deixar meu lar”. Três anos após a decisão, o desenhista comemora sua primeira indicação ao principal prêmio da indústria em quadrinhos: “Sinto que realizei um sonho, mas não sei se fiquei muito adulto”, brinca Deodato, que inclusive postou um vídeo dançando nas redes sociais. Initial plugin text Sinopse A história de 'Nem Todo Robô' se passa em 2056. Os robôs substituíram os seres humanos como mão de obra. A coexistência entre robôs, com a inteligência recém-conquistada, e os dez bilhões de humanos da Terra é tensa. A cada família humana é designado um robô, do qual elas se tornam dependentes. A trama é focada nos Walter, uma família humana cujo robô, Navalhoide, passa seu tempo livre na garagem da família – fazendo máquinas que os Walter estão crentes que ele vai usar para assassiná-los. *Sob supervisão de Jhonathan Oliveira Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Mike Deodato é indicado ao Eisner,  principal prêmio dos quadrinhos, com  HQ ‘Nem Todo Robô’

Obra ilustrada pelo paraibano recebeu duas indicações. HQ é uma sátira, retratada em um futuro onde os robôs assumem todos os empregos. 'Nem todo robô', revista em quadrinhos retrata um futo onde os robôs assumes todos os empregos. Reprodução Comix Zone O paraibano Mike Deodato está entre os indicados ao Eisner Awards 2022. A HQ 'Nem Todo Robô', ilustrada por ele, e escrita por Mark Russell, com cores de Lee Loughridge, concorre nas categorias 'Melhor Nova Série' e 'Melhor Série de Humor'. As indicações foram divulgadas nesta quarta-feira (18). O Eisner é o principal prêmio da indústria de quadrinhos. Neste ano, os vencedores do Eisner Awards 2022 vão ser anunciados no dia 22 julho durante a San Diego Comic-Con, convenção multi-gênero de entretenimento realizada anualmente na Califórnia. LEIA TAMBÉM: Mike Deodato Jr, quadrinista paraibano, anuncia saída da Marvel Comics após 20 anos Ao g1, Mike Deodato disse que ‘Nem Todo Robô’ é o trabalho mais diferente que já realizou. "É um dos roteiros mais inteligentes, difícil de fazer, tem muita crítica social, sátira, humor, que não é o meu forte”. “Foi um desafio para mim, mas valeu muito a pena porque é um dos melhores roteiros que recebi, tanto que foi indicado ao Eisner. Então tô bem satisfeito. O desenhista também explicou que seu mais novo trabalho se trata de uma sátira sobre a sociedade atual. “Fala principalmente sobre a masculinidade tóxica. O cenário é o futuro. Os robôs tomaram todos os empregos e foi designado um robô para cuidar de cada família”, diz Deodato. Com trabalho autoral, Mike Deodato Jr é indicado pela primeira vez ao Eisner Awards. Mike Deodato Jr./Arquivo Pessoal Em 2019, Deodato deixou a Marvel Comics após trabalhar na editora por mais de 20 anos para se dedicar a criar as suas próprias obras e personagens. “Para viver meu sonho de adulto, tenho que abrir mão do meu sonho de criança. Tenho que deixar a Marvel. Deixar meu lar”. Três anos após a decisão, o desenhista comemora sua primeira indicação ao principal prêmio da indústria em quadrinhos: “Sinto que realizei um sonho, mas não sei se fiquei muito adulto”, brinca Deodato, que inclusive postou um vídeo dançando nas redes sociais. Initial plugin text Sinopse A história de 'Nem Todo Robô' se passa em 2056. Os robôs substituíram os seres humanos como mão de obra. A coexistência entre robôs, com a inteligência recém-conquistada, e os dez bilhões de humanos da Terra é tensa. A cada família humana é designado um robô, do qual elas se tornam dependentes. A trama é focada nos Walter, uma família humana cujo robô, Navalhoide, passa seu tempo livre na garagem da família – fazendo máquinas que os Walter estão crentes que ele vai usar para assassiná-los. *Sob supervisão de Jhonathan Oliveira Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba