Pacheco deve decidir futuro da CPI do MEC nesta terça-feira

Há mais siglas contra a comissão, mas duas maiores bancadas ainda não se definiram

Pacheco deve decidir futuro da CPI do MEC nesta terça-feira
Espera. Senadores conversam no plenário diante de Rodrigo Pacheco: oposição quer CPI instalada antes do recessoWaldemir Barreto/Agência Senado

Pacheco tem dito que tende a seguir uma opinião majoritária dos líderes partidários no Senado. Embora não queria judicializar o caso — como aconteceu com a CPI da Covid, que só foi aberta após uma decisão do Supremo Tribunal Federal —, o presidente da Casa quer ouvir os líderes sobre se o momento político atual, faltando três meses para a eleição, é oportuno para se instalar uma comissão de inquérito. Ele já havia declarado que a proximidade com o período eleitoral poderia prejudicar os trabalhos da CPI.

Além da CPI do MEC, os senadores vão debater a abertura de três outras comissões de inquérito: uma sobre obras paradas da pasta em gestões passadas, cuja a autoria é do líder do governo, Carlos Portinho (PL-RJ); uma sobre o narcotráfico no Norte e Nordeste do país, e outra sobre a atuação de ONGs na Amazônia. Por ora, parte dos líderes já sinalizou a Pacheco que não é hora para CPI.

Leia mais...