Polícia faz operação contra tráfico em novo fluxo da Cracolândia

Dispersão da antiga Cracolândia trouxe traficantes para a praça Princesa Isabel Edu Garcia/R7 - 25.03.2022 A Polícia Civil de São Paulo iniciou na manhã desta sexta-feira (25) uma operação contra o tráfico de drogas na praça Princesa Isabel, o novo núcleo principal da Cracolândia, na região central da capital paulista.  A ação faz parte da quinta fase da Operação Caronte, que já prendeu 93 traficantes da área e é considerada por investigadores e pela Prefeitura de São Paulo um dos motivos para o esvaziamento súbito do antigo "fluxo" de uso e venda de drogas, que ficava próximo à Estação Júlio Prestes. Foram cumpridos um mandado de prisão e cinco de busca e apreensão no quadrilátero da Cracolândia, que inclui a praça Princesa Isabel. A Polícia Civil prendeu um traficante, tido como o principal alvo da ação nessa sexta. Ele será levado para a delegacia 1º CERCO (Corpo Especial de Repressão ao Crime Organizado).  Em nota, a delegada Vanessa Bastos Guimarães afirmou que a polícia usará na praça Princesa Isabel a mesma estratégia contra a concentração antiga da Cracolândia. "Ir reprimindo o tráfico de drogas (principalmente o crack) de fora para dentro, partindo dos traficantes mais graduados para ir descendo na hierarquia até a repressão integral", informou.  Os investigadores seguirão também com o trabalho de desmontar barracas do tráfico. Sem a estrutura, os vendedores ficam expostos às gravações policiais, usadas como provas para mandados de prisão.      Veja também São Paulo Novo fluxo da Cracolândia traz transtornos ao comércio e moradores Séries As 53 facções criminosas do Brasil São Paulo População em situação de rua cresce 31% em dois anos em SP    

Polícia faz operação contra tráfico em novo fluxo da Cracolândia
Dispersão da antiga Cracolândia trouxe traficantes para a praça Princesa Isabel
Dispersão da antiga Cracolândia trouxe traficantes para a praça Princesa Isabel Edu Garcia/R7 - 25.03.2022

A Polícia Civil de São Paulo iniciou na manhã desta sexta-feira (25) uma operação contra o tráfico de drogas na praça Princesa Isabel, o novo núcleo principal da Cracolândia, na região central da capital paulista. 

A ação faz parte da quinta fase da Operação Caronte, que já prendeu 93 traficantes da área e é considerada por investigadores e pela Prefeitura de São Paulo um dos motivos para o esvaziamento súbito do antigo "fluxo" de uso e venda de drogas, que ficava próximo à Estação Júlio Prestes.

Foram cumpridos um mandado de prisão e cinco de busca e apreensão no quadrilátero da Cracolândia, que inclui a praça Princesa Isabel. A Polícia Civil prendeu um traficante, tido como o principal alvo da ação nessa sexta. Ele será levado para a delegacia 1º CERCO (Corpo Especial de Repressão ao Crime Organizado). 

Em nota, a delegada Vanessa Bastos Guimarães afirmou que a polícia usará na praça Princesa Isabel a mesma estratégia contra a concentração antiga da Cracolândia. "Ir reprimindo o tráfico de drogas (principalmente o crack) de fora para dentro, partindo dos traficantes mais graduados para ir descendo na hierarquia até a repressão integral", informou. 

Os investigadores seguirão também com o trabalho de desmontar barracas do tráfico. Sem a estrutura, os vendedores ficam expostos às gravações policiais, usadas como provas para mandados de prisão.