Policlínica da Univasf realiza campanha de conscientização sobre a hanseníase, com atendimentos gratuitos

Os atendimentos acontecerão por ordem de chegada e serão voltados para pessoas que possuem sinais ou sintomas da doença. Policlínica da Univasf realiza campanha de conscientização sobre a hanseníase Google Maps A fim de conscientizar a população sobre a prevenção e tratamento precoce da hanseníase, a Policlínica da Univasf, localizada em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, realiza neste sábado (29), uma campanha que oferece atendimento gratuito ao público. O mutirão com serviços de saúde vai contar a participação de dermatologistas e estudantes de medicina e acontece por ordem de chegada, onde não é necessário agendamento. Policlínica da Univasf realiza mutirão de combate à hanseníase Os atendimentos serão voltados para pessoas que possuem sinais ou sintomas da doença, como manchas esbranquiçadas, amarronzadas e avermelhadas; perda ou diminuição da sensibilidade à temperatura, à dor ou ao toque; sensação de choque, dormência ou formigamento nos membros. Ao passarem pelos exames físicos, os pacientes que forem diagnosticados com a doença receberão as orientações necessárias para o tratamento adequado na rede de saúde. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE

Policlínica da Univasf realiza campanha de conscientização sobre a hanseníase, com atendimentos gratuitos

Os atendimentos acontecerão por ordem de chegada e serão voltados para pessoas que possuem sinais ou sintomas da doença. Policlínica da Univasf realiza campanha de conscientização sobre a hanseníase Google Maps A fim de conscientizar a população sobre a prevenção e tratamento precoce da hanseníase, a Policlínica da Univasf, localizada em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, realiza neste sábado (29), uma campanha que oferece atendimento gratuito ao público. O mutirão com serviços de saúde vai contar a participação de dermatologistas e estudantes de medicina e acontece por ordem de chegada, onde não é necessário agendamento. Policlínica da Univasf realiza mutirão de combate à hanseníase Os atendimentos serão voltados para pessoas que possuem sinais ou sintomas da doença, como manchas esbranquiçadas, amarronzadas e avermelhadas; perda ou diminuição da sensibilidade à temperatura, à dor ou ao toque; sensação de choque, dormência ou formigamento nos membros. Ao passarem pelos exames físicos, os pacientes que forem diagnosticados com a doença receberão as orientações necessárias para o tratamento adequado na rede de saúde. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE