Negócios: sete estratégias de marketing digital para alavancar o e-commerce

05 Abril 2020

Em tempos de isolamento social por causa da Covid-19, o e-commerce tornou-se o melhor aliado da população. Com isso, MPMEs de

todos os segmentos sentiram a necessidade de estar mais presente na internet para atingir melhor o público e reverter vendas. Usar marketing digital pode ser um diferencial para o negócio, além de positivo para o aumento dos números de vendas. Pensando nisso, a KingHost, empresa de soluções digitais, preparou algumas dicas para alavancar lojas virtuais e gerar tráfego para elas.

1. Instagram
Muitas marcas optam por estar presente no Instagram, já que boa parte do público se concentra lá e a rede social pode ser uma aliada para criar maior visibilidade no site. Para quem opta por essa estratégia, além dos posts regulares, é importante marcar presença nos stories para criar urgência no produto divulgado. Por exemplo, aplicar uma promoção, ou campanha em datas comemorativas, além de disponibilizar link de acesso para os produtos selecionados.

2. Feedbacks
“Compartilhar comentários e avaliações positivas, por meio do site ou das redes sociais, é bastante indicado sobretudo se considerarmos que 56% dos consumidores brasileiros apenas compram um produto depois de ler um review online, segundo pesquisa realizada pela Capterra. Assim, é possível conhecer produtos e a qualidade, além de evidenciar pontos positivos da loja virtual. Vale lembrar também que é essencial que as avaliações dos clientes sejam compartilhadas”, explica Lívia Lampert, gerente de marketing e produto.

3. Imagens e vídeos
Mais uma estratégia importante para ajudar no site é o uso de imagens e vídeos no perfil da marca, a ideia é que o cliente veja o produto e crie um desejo por ele. Outra abordagem é compartilhar conteúdos do próprio público usando a marca. “Com essa estratégia você valoriza o cliente, gera visibilidade para ambos e ainda produz conteúdo”, explica a gerente.

4. Guia da compra
Se o cliente enxerga dificuldade para navegar pela página, é necessário tomar outras medidas para auxiliá-lo. “Cada e-commerce possui uma estrutura diferente e seu cliente precisa entender como navegar por todo o site. Por isso, se preocupe em tornar a experiência de compra do usuário em algo realmente bom. Use conteúdos informativos, cupons de desconto, explore as seções do site; dessa forma você irá auxiliar o cliente na jornada de compra e trazê-los para mais perto de você”, conta Lívia.

5. Patrocinados
Também é indicado usar anúncios de retarget, ou seja, impactar pessoas que em algum momento tiveram contato com sua marca, produto ou serviço, ao identificar itens abandonados no carrinho, oportunidades de novas compras, interesses dos clientes com itens pesquisados etc.

6. Email marketing
Entre os benefícios do e-mail marketing estão a aquisição de novos clientes, aumento na venda de produtos e aumento da receita. Você cria sua própria base de contatos, logo, você interage com um número alto de pessoas por um custo baixo, ou seja, seu alcance é mais alto e vantajoso. É possível também segmentar a base de e-mails, você pode impactar seu público de acordo com o interesse, localidade, produto consumido, etc.

7. SEO
A sigla SEO, que em português quer dizer Otimização para Mecanismos de Busca, nada mais é que que investir em palavras-chave certas, baseadas no comportamento do consumidor, que possibilita que seu e-commerce seja encontrado nos mecanismos de buscas. É uma estratégia de posicionamento a longo prazo, mas com um custo benefício que gera sustentabilidade para seu negócio.

“É importante reforçarmos o potencial que o e-commerce pode ter para o seu negócio. Ao adotar ações de marketing digital, você deve manter um relacionamento ativo com seus clientes. É preciso criar realmente uma rede de relacionamento, tirando dúvidas, respondendo comentários e interagindo ao máximo com todos”, finaliza a gerente de marketing e produto.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL :MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Fundada em 2006, em Porto Alegre, a KingHost é uma empresa de soluções digitais para profissionais de tecnologia e empreendedores, sendo referência em hospedagem de sites.

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree