Contabilidade começando do zero: Primeiros passos do seu negócio

05 Abril 2020

Para quem pensa em abrir empresa ou torná-la mais profissional, nada melhor do que entender como fazer sua contabilidade, começando do zero.

Apesar de todos os termos técnicos e as diferentes

exigências do universo contábil, a tarefa pode ser mais simples do que imagina.

Com atenção e cuidado aos detalhes, contando com o apoio de um bom contador, é possível organizar toda a gestão financeira, fiscal e tributária da empresa.

Além de estar em dia com as obrigações legais, deixar a contabilidade entrar no negócio favorece o seu crescimento de forma sustentável.

Quer descobrir como? Siga a leitura!

Contabilidade começando do zero: passo a passo

início de uma empresa é sempre uma grande novidade, não é mesmo? 

Até os mais experientes, que já têm algum outro negócio, podem sentir frio na barriga só de ter que passar pelo começo sempre burocrático.

Além de todas as etapas para a abertura da empresa, o precisa saber como conduzir a contabilidade da organização.

Os processos legais devem ser respeitados, é claro. 

Mas, além deles, diferentes métodos e ferramentas contábeis podem ser utilizados para organizar e otimizar as contas empresariais.

Aliás, ao contrário do que muita gente pensa, a contabilidade não se resume apenas a registrar dados e enviar para o governo. 

Ela pode – e deve – ser usada como uma ferramenta estratégica, de forma a entender como os números funcionam para a empresa e como ela pode tirar seu máximo proveito.

Quer saber como fazer uma boa contabilidade, começando do zero?

Então, confira este passo a passo:

1 – Entenda a natureza jurídica e regime tributário da empresa

Antes de tudo, você precisa ter clareza sobre a natureza jurídica do seu negócio e o regime tributário do qual ela faz parte. 

Isto é, como a empresa está ou será registrada e como ela deve pagar impostos.

Essa etapa é primordial para os próximos procedimentos.

Afinal, é de acordo com essas características que as obrigações legais vão ser definidas.

Natureza jurídica é o formato legal da empresa. 

Existem diversas modalidades permitidas no Brasil e seus enquadramentos, como sociedades, cooperativas, microempresas, empresários individuais e microes individuais.

Cada um dos tipos define questões importantes das operações do negócio, como faturamento anual máximo, número de sócios e funcionários permitidos, entre outros.

Caso a sua empresa ainda esteja sendo aberta, você deve estudar com atenção cada uma das opções e escolher aquela que melhor se adapta ao negócio.

Mas, se ela já foi consolidada, você pode conferir a natureza jurídica consultando sua documentação junto ao contador ou acessando o site da Receita Federal.

Em seguida, avalie o regime tributário do qual o empreendimento é optante. 

Ou seja, verifique de que maneira a sua empresa está obrigada a apurar e pagar os impostos.

Simples Nacional é um formato de regime tributário que reúne até oito tributos em uma única guia de pagamento mensal. 

Além dele, o Lucro Real e Lucro Presumido são opções comuns aos empreendimentos brasileiros.

O , por exemplo, só pode ser optante do Simples Nacional. 

Já as s ou s (Empresas de Pequeno Porte), por outro lado, podem aderir ao Simples, Lucro Real ou Lucro Presumido.

Portanto, a natureza jurídica está intimamente ligada ao regime tributário. 

São essas definições que determinarão as obrigações contábeis da sua empresa.

Por isso, tenha essas duas informações em mãos para começar a organizar a .

2 – Observe as obrigações legais

Com base nas características da organização, dá para saber o que deve ser registrado, apurado e apresentado ao governo.

O micro individual deve, mensalmente, pagar o DAS- em valor fixo e, uma vez ao ano, declarar o faturamento bruto do último período.

Já as demais empresas optantes pelo Simples Nacional devem cumprir outras obrigações acessórias.

Entre elas, vale citar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional, que reúne os impostos a pagar.

Também a Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis), a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf) e a Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação (Destda).

Para empresas que aderiram ao Lucro Real, as exigências contábeis aumentam.

Elas inclui apurar e entregar aos órgãos competentes, dentro do prazo, instrumentos como Livro Diário, Livro Razão, Livro Caixa, Livro de Registro de Duplicatas, entre outros.

A lista é grande e pode até assustar em um priro momento.

Por isso, é tão importante organizar a contabilidade, começando do zero, além de ter com o apoio de um contador especializado e experiente em suporte.

3 – Registre os dados e os mantenha organizados

Agora, você já sabe quais são as obrigações legais de registro e apresentação ao governo. 

Assim, organize e estruture suas atividades para coletar, armazenar e enviar as informações contábeis da empresa dentro do prazo.

Transforme a contabilidade em uma prática habitual na rotina do negócio.

Afinal, o empreendimento precisa fazer os informes de forma periódica ao Fisco.

Não deixa os dados e números acumulando em papeladas pela mesa e, em cima da hora, tenta correr para enviar tudo de uma vez.

Uma contabilidade eficiente mantém a constância dos registros e envios e, dessa forma, consegue cumprir com todas as obrigações legais sem correria e com máxima efetividade.

Sem esquecer que seus processos revertem em benefícios ao negócio, como vamos destacar no próximo passo.

4 – Tire o máximo proveito da Contabilidade

Há quem veja a contabilidade como uma mera burocracia dentro das empresas. 

Não poderia essa ser uma ideia mais equivocada.

Acontece que ela cumpre papel estratégico na gestão ao permitir o maior controle e organização da empresa quanto aos seus números, documentos e obrigações.

Para tanto, vale observar ferramentas contábeis de grande apoio para a tomada de decisões.

É o caso do fluxo de caixa, balanços e balancetes, e da DRE, a Demonstração do Resultados do Exercício.

Todos são instrumentos importantes para definir os rumos do negócio.

Você, enquanto , talvez nunca tenha sequer ouvido falar deles ou não entenda bem como funcionam.

É por isso que para deixar a contabilidade entrar na sua empresa e contribuir com os resultados, é fundamental ter o suporte de um contador, como vamos mostrar no próximo tópico.

Por que preciso de contador para minha empresa?

Como a gente viu até aqui, sua empresa tem muito a ganhar com o apoio da contabilidade.

E é verdade que o empresário, sozinho, consegue cumprir com muitas das tarefas e obrigações, incluindo o cálculo de impostos e a emissão de guias.

Mas fazer isso por conta própria, sem um contador, representa um desperdício.

Em priro lugar, porque o terá que dedicar um tempo precioso a atividades que fogem da sua expertise.

Em segundo, porque nem sempre tem o conhecimento e a habilidade para transformar as informações contábeis em oportunidades para o seu negócio.

Por tudo isso, o contador é um profissional indispensável para orientar não somente com os priros passos com a contabilidade da empresa mas, também, em toda a sua vida operacional.

Como a contabilidade online facilita o processo

A tecnologia tornou a contabilidade mais próxima das empresas, mesmo dos pequenos negócios.

A partir de modernas ferramentas, é possível realizar de forma online uma série de processos que antes eram caros e tomavam muito tempo.

Estamos falando desde a abertura da empresa, passando pelo controle do fluxo de caixa, até a emissão de notas e de relatórios de análise.

Com processos eletrônicos, a contabilidade online agregou facilidade e restringiu bastante a burocracia.

Você ainda está na era do papel? Talvez esteja na hora de trocar de contador.

Conclusão – Escolha a contabilidade para começar do zero

Da mesma forma que diversos serviços estão se modernizando e migrando para o universo digital, os escritórios de contabilidade também se adaptaram a essa demanda.

Assim, contratar um contador de maneira remota é uma facilidade incrível para quem quer ter todos os serviços contábeis completos a um clique de distância.

Para iniciar seu negócio da maneira certa, evitando erros e aumentando as possibilidades de sucesso, tenha o trabalho qualificado de um contador experiente.

A Contabilix te auxilia nessa empreitada, prestando todos os serviços de contabilidade para o seu negócio. Conheça nosso escritório online, com planos especiais para pequenas empresas.

Dica para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e s. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda, SPED e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Fonte: Contabilix

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree