-->

Suspeito de matar Marielle desmente porteiro de Bolsonaro

31 Outubro 2019

O ex-PM Élcio de Queiroz, um dos suspeitos de , já havia negado a investigadores que tivesse quando visitou o condomínio em que vive Jair Bolsonaro, no Rio —o imóvel é

do próprio presidente.

PM reformado Ronnie Lessa, que teria efetuado disparos, e o ex-policial Élcio Queiroz, acusado de dirigir o carro do atirador - Reprodução

FAZ TEMPO 

“Isso já havia sido esclarecido nos autos há bastante tempo. Ele foi à casa do Ronnie Lessa [outro suspeito do crime e vizinho de Bolsonaro]. Nunca disse na entrada que iria na casa do presidente”, diz o advogado Henrique Telles, que defende o ex-PM.

PLANILHA 

“O porteiro anotou o número errado da casa. O problema é dele”, segue Telles, afirmando que os investigadores mostraram a Élcio de Queiroz os registros da guarita do condomínio com o número 58 ao lado de seu nome. “Ele disse que estava errado.”

PLANILHA 2 

Na terça (29),que o porteiro não apenas anotou o número da casa de —mas também afirmou ter interfonado para a residência e falado com o “Seu Jair”. Detalhe: o presidente estava em Brasília.

PINÓQUIO 

O próprio Ministério Público do Rio .

PARA TUDO 

E os advogados de Élcio e Ronnie Lessa vão apresentar à Justiça um pedido de suspensão do processo em que são .

PEDRA DURA 

Eles vão sustentar que gravações que estão numa denúncia sobre obstrução da Justiça apresentada pela ex-procuradora Raquel Dodge citam novos suspeitos de cometer o crime. “É preciso suspender o processo até que esses fatos sejam esclarecidos”, diz Telles.

ME EXPLICA 

O ex-ministro José Carlos Dias, presidente da Comissão Arns, entrará nesta quinta (31) no STF (Supremo Tribunal Federal) com uma queixa-crime contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em nome do Greenpeace.

ME EXPLICA 2 

Salles insinuou que um navio da organização internacional poderia ser responsável pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste.


      Compartilhe

      • Facebook
      • Whatsapp
      • Twitter
      • Messenger
      • Linkedin
      • E-mail
      • Copiar link
      Loading

      INTERCÂMBIO NA TELONA

      O ator americano Willem Dafoe esteve no Auditório Ibirapuera, em SP, na terça (29), para lançar o filme “O Farol”. As atrizes Alessandra Negrini, Carla Salle e Virgínia Cavendish passaram por lá. O diretor do longa, Robert Eggers, também compareceu.


      PONTO FINAL

      O filme "Chatô - O Rei do Brasil", teve as contas aprovadas pelo TCU (Tribunal de Contas a União) na quarta (30) –quase duas décadas depois de as primeiras denúncias contra o ator e diretor Guilherme Fontes terem sido divulgadas.

      RECOMEÇAR

      "Vou respirar fundo, reabrir minha empresa e voltar a produzir", diz o ator, que chegou a chorar com amigos ao receber a notícia. "O Brasil não é para amadores."

      EM DOBRO

      Fontes segue: "Eu tinha 30 anos e milhões de planos. O país vem e me diz que não poderia mais fazer o que ele mesmo já tinha me autorizado [o filme, que acabou lançado apenas em 2015]. A gente tem que pensar duas vezes antes de confiar".

      ESPECTADOR 

      O ator americano Willem Dafoe, que esteve em SP na terça (29) para , diz que entendeu a situação política do Brasil quando assistiu ao, de Petra Costa. “Aquele filme tornou as coisas muito claras para mim.”

      ESPECTADOR 2 

      “Sei o que está acontecendo [no Brasil]. As florestas e como elas têm sido exploradas são assuntos de muita discussão nos Estados Unidos. Então eu realmente vejo, me preocupo, e torço por um futuro melhor”, afirmou Dafoe.

      ATIVIDADE 

      O setor de comércios e de serviços paulista gerou 31.862 vagas de empregos formais em agosto. O número é resultado da diferença entre as 308.873 contratações e os 277.011 desligamentos registrados no período no estado SP, segundo levantamento da Fecomercio.

      OCUPAÇÃO 

      É o terceiro mês consecutivo em esses setores aumentaram o número de vagas. Em julho, foram criadas 13.296 postos. Em junho, 9.238. Em maio, 3.184. A FecomercioSP diz que há um estoque ativo de 10,1 milhões de vagas.

      RACISMO 

      O julgamento do processo em que contra a apresentadora da Globo Maju Coutinho pela internet está entrando na reta final. A Justiça está recebendo as considerações finais das partes.

      CRIME 

      A ação tramita em segredo de justiça na 5ª Vara Criminal da Barra Funda, em São Paulo. O caso se baseia em denúncia feita pelo Ministério Público de São Paulo em 2016.

      FUMAÇA 

      A Secretaria Municipal de Cultura de SP convocou servidores de centros culturais, teatros e casas de cultura para realizar um curso de formação de brigada de incêndio. Serão ensinadas técnicas de prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio e abandono de local com sinistro, além primeiros socorros.


          Compartilhe

          • Facebook
          • Whatsapp
          • Twitter
          • Messenger
          • Linkedin
          • E-mail
          • Copiar link
          Loading

          PREFÁCIO

          A atriz Maria Bopp foi ao lançamento do livro “Na Hora em que Acabar a Luz”, do escritor Lucca Bopp, na Livraria da Vila da Fradique Coutinho, em SP, na terça (29). O evento também contou com a presença da jornalista Luíza Karam.


          CURTO-CIRCUITO

          Maria Fernanda Cândido, Mônica Waldvogel e Paula Trabulsi participam de bate-papo hoje, na abertura da mostra “O Incerto Lugar Do Desejo”. Às 19h, na Unibes Cultural.

          O Baile da Bruxa ocorre hoje no Four Seasons Hotel SP.

          Philippe Boutaud-Sanz lança hoje o “Glossário Jurídico: Português - Inglês - Francês”. Às 19h, na Livraria da Travessa, em Pinheiros.

          O Oka Festival promove hoje edição de Dia das Bruxas. A partir das 10h, no Okavango Espaço Holístico.

          com BRUNO B. SORAGGI, GABRIEL RIGONI e VICTORIA AZEVEDO

          K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

          We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree