-->

Noivos fazem casamento no hospital para que pai possa ficar ao lado da filha

16 Abril 2020

Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo foi palco de um casamento emocionante no dia 5 de abril. A cerimônia foi realizada no quarto de Glauco Palheta, de 56 anos, paciente

terminal de câncer que sonhava em ver a filha Gabriela, estudante de 22 anos, se casando. Glauco morreu um dia após a celebração .

Arquivo pessoal
Filha se casou no hospital para que pai pudesse prestigiar

Leia também: Noiva realiza último desejo e se casa em cama de hospital em cerimônia comovente

O casamento estava marcado para o final de maio, mas foi adiantado por conta das condições do pai de Gabriela. Glacuo fazia tratamento há um ano contra um câncer de prostata.

A equipe do Oswaldo Cruz autorizou a realização do casamento no hospital, mas exigiu cuidados redobrados devido à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). A celebração foi possível devido ao programa do hospital chamado "yes, we care" que busca realizar pedidos de pacientes em fase terminal.

Leia também: Acidente com filho faz pais transferirem casamento para hospital

Participaram da celebração os noivos, o pastor, os pais dos noivos e um padrinho, que tocou a música de entratada da noiva. Todos utilizando máscaras para evitar o contagio pela Covid-19.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree