-->

Iniciante no sexo virtual? Saiba os primeiros passos para a prática

22 Mai 2020

O sexo virtual está em alta por causa da quarentena. De acordo com o aplicativo de relacionamento Happn, 35% dos brasileiros já aderiram a essa onda. Mas para quem

tem vergonha, como começar?

Reprodução
Sexo virtual tem sido o recurso mais utilizado durante a pandemia

Segundo a sexóloga do C-date, Carla Cecarello, ensina que o melhor caminho para quem quer se aventurar no sexo virtual é começar com os sites de relacionamento.

“Entre sem compromisso, procure uma pessoa com perfil interessante. Comece a trocar conversas que não sejam picantes, vá sem pressa. Identifique-se com o outro, fale das suas preferências. Isso para quem não tem relacionamento fixo. Quem tem, pode tentar mandar mensagens mais picantes, compartilhar com o outro onde está se tocando, enviar uma foto para ver como se sente, até chegar propriamente em vídeos mostrando um ao outro a masturbação”, indica Carla.

Para que a relação virtual dê certo, a dica é relaxar. “Você precisa pensar que está aí e a outra pessoa lá, se expondo para você. Só estão vocês dois. Por que ficar com vergonha se o outro está se abrindo também? Ao mesmo tempo, se tem vergonha de se expor num primeiro momento, mostre só do pescoço para baixo, não mostre o rosto. Ao ver o próprio corpo nessa condição a pessoa talvez vá se sentindo melhor”, afirma a sexóloga.

Dê uma chance para a masturbação!

masturbação
shutterstock
A masturbação pode trazer muitos benefícios para o corpo e a mente durante o isolamento

Como citado por Carla, a masturbação faz parte do sexo virtual e, além de te dar muito prazer nesses tempos de isolamento, pode proporcionar mais benefícios para o seu corpo e mente.

“A masturbação ajuda a relaxar, controlar o estresse e a ansiedade. Durante o ato são liberadas endorfina e serotonina, hormônios que ajudam a aliviar a tensão e estão diretamente relacionados com a sensação de prazer e felicidade”, destaca a profissional.

Para quem nunca tentou, Carla ensina os primeiros passos. “Uma forma de começar é deitar na cama, assistir à TV e começar a mexer nos órgãos sexuais. Dar uma puxadinha no pênis, mexer no saco escrotal. Já a mulher pode explorar em torno da vulva, a vagina, acariciar os seios, mas tudo de uma forma descompromissada. Se fizer isso várias vezes, aos poucos você vai despertar o interesse pela masturbação”, recomenda.

Se sente preparada para começar? Para deixar a experiência do sexo virtual e da masturbação ainda melhor você pode investir em brinquedos sexuais e deixar a quarentena mais divertida.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree