-->

O que fazer em casa para tratar e diminuir as rugas

31 Mai 2020

Em casa, com todo o estresse do momento é possível que você tenha notado o surgimento de mais alguns fios brancos ou mesmo umas ruginhas na pele. Longo dos

tratamento estéticos como aplicação de botox ou uso de ácidos, a dica é investir em cremes com ingredientes certos para tratar e até amenizar as rugas em casa.

Freepik/drobotdean
Dermatologistas indicam quais cremes usar para tratar e até amenizar as rugas em casa

Como ressalta Abdo Salomão Jr, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para tratar da pele em casa e prevenir o envelhecimento precoce e as rugas é preciso seguir os cuidados da rotina de skincare e incrementá-la. "Vá além da limpeza, tonificação e hidratação, que são essenciais para manter a pele bem cuidada, e use também antioxidantes, preenchedores e peptídeos estimuladores de colágeno", afirma o médico.

Ingredientes potentes no combate às rugas

Para ter essa rotina mais intensa, procure cremes ou produtos com ingredientes chaves - e lembre-se sempre de buscar ajuda médica para escolher esses itens. A também dermatologista Claudia Marçal cita bons exemplos a serem procurados para tratar e previnir as rugas em casa:

  • Sculptessence: protege contra a degradação do colágeno, combate a flacidez cutânea e remodela o oval do rosto. Tem ação lifting e pode ser usado no pescoço.
  • Adipofill: ajuda no preenchimento das rugas.
  • Hyaxel, Progenitrix e DSH CN: procure esses itens na fórmula para ter uma alta hidtatação.
  • Alistin: um antioxidante universal que, além de proteger o DNA celular, evita que o açúcar excedente ingerido na alimentação degrade as proteínas de colágeno.

E o tal efeito cinderela?

Existe uma outra linha de produtos que, como explica Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, agem quase que instantaneamente. "São os ativos tensores que causam o chamado ‘efeito cinderela’ ou de ‘speed cosmética’", fala a especialista. "A entrar em contato com a pele limpa, esses produtos reduzem instantaneamente as rugas, provocam lifting", completa Mika.

Eles são indicados para aquelas linhas de expressão mais superficiais e rugas menores e contam com alguns ativos, que podem até ser usados juntos. São eles:

  • Liftessence: "Ele forma um filme elástico, resistente e contínuo, com propriedades tensoras imediatas para pele”, explica a farmacêutica.
  • Procollasyl: "Traz o colágeno marinho, ligado aos peptídeos de arroz, para atuar na melhora da textura e hidratação. Esse mecanismo de ação permite que o Procollasyl proporcione um efeito físico superficial sobre a camada epidérmica, suavizando as linhas e rugas finas, conferindo um efeito tensor”, afirma Mika.

Claudia ainda cita mais um ativo que faz esse "efeito cinderela" instantâneo, um hexapeptídeo. "Ele possui mecanismo de ação semelhante ao da toxina botulínica, porém oferece mais segurança e conforto, pois é aplicado topicamente, sem a necessidade de injeções intramusculares e intervenções dermatológicas", diz a dermatologista.

Por ser algo superficial, o seu efeito é rápido. Segundo a médica, ele dura cerca de 10 horas e sai se o rosto for lavado.

Para fazer uso de tais ativos, pode se optar por manipular esses produtos em farmácias especializadas, com orientação médica.

Posso também usar ácidos?

Se tomados os devidos cuidados, a resposta é sim, você pode usar ácidos para combater e suavizar as rugas já que está mais tempo em casa e menos exposta ao sol.

"Os mais famosos são o ácido glicólico (AHA) e o salicílico (BHA), mas eles têm alguns efeitos adversos, como deixar a pele mais sensível”, afirma a dermatologista Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Ela sugere PHA – poli-hidroxiácido. "Eles são os menos conhecidos dos ácidos para cuidados da pele; têm características semelhantes aos alfa-hidroxiácidos, mas têm moléculas maiores. Isto significa que eles penetram de maneira lenta e gradual na pele e, portanto, são menos propensos a induzir efeitos colaterais [como coceira, ardência ou calor]", diz a médica.

No dia seguinte da aplicação, é possível usar ácido hialurônico e a Vitamina C para potencializar os efeitos. Entretanto, mais uma vez, vale o alerta. "Mas sempre consulte um dermatologista para que ele indique a concentração e os ingredientes ideais para que o tratamento surta o efeito desejado na sua pele", reforça Kédima.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree