Quadrinistas da Marvel querem banir uso de símbolo do ‘Justiceiro’ por policiais dos EUA

05 Junho 2020
ReproduçãoAnti-herói 'Justiceiro' foi vivido por Jon Bernthal em série da Netflix

Quadrinistas da Marvel iniciaram uma campanha online pedindo que a Disney proíba o

uso do logotipo do personagem “Justiceiro” por policiais americanos. Nos quadrinhos, o anti-herói mata criminosos dizendo fazer Justiça com as próprias mãos.

O movimento na web teve início após a Disney anunciar a doação de US$ 5 milhões para organizações de justiça social enquanto acontecem, nos Estados Unidos, centenas de protestos antirracistas após o assassinato de George Floyd.

Em resposta à campanha “Black Lives Matter” (“Vida Negras Importam”), os policiais criaram a “Blue Lives Matter” (“Vidas Azuis Importam”, em referência aos uniformes dos agentes) e pedem clamor público aos crimes contra a polícia. O símbolo do “Justiceiro” é usado tanto em campanhas online quanto afixado nos uniformes dos policiais.

If Disney and Marvel really want to make a big gesture right now (besides committing $100 million to causes instead of 5), they could immediately demand police stop using the Punisher logo and sue departments that continue to

— Matt D. Wilson (@TheMattDWilson) June 3, 2020

“Se a Disney e a Marvel realmente querem fazer um gesto grande agora (além de destinar US$ 100 milhões à causas ao invés de 5), eles poderiam exigir que a polícia deixasse de utilizar o logo do Justiceiro imediatamente e processar departamentos que continuarem”, manifestou-se o quadrinista Matt Wilson (“Supreme Villainy”).

O pedido para abertura de processo por uso indevido de imagem foi endossado pelos escritores Mags Visaggio (“Vagrant Queen”), Eric Palicki (“Dead Beats”) e Kat Verhoeven (“Meat and Bone”).

No ano passado, o símbolo do “Justiceiro” usado pela polícia já tinha sido criticado por Gerry Conway, cocriador do personagem nas HQs. “Não importa se você acredita que o Justiceiro tem motivos ou não, ou se você admira seu código ético, ele é um fora-da-lei e um criminoso. A polícia não deveria usar o símbolo de um criminoso.”

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree