Morre o ator Carl Reiner, de ‘Onze Homens e um Segredo’, aos 98 anos

30 Junho 2020

Ator teve uma carreira consolidada como comediante na TV americana nos anos 50 e 60

  • Por Jovem Pan
  • 30/06/2020 11h22
Homens e um Segredo’, aos 98 anos&url=https%3A%2F%2Fjovempan.com.br%2Fentretenimento%2Ftv-e-cinema%2Fmorre-carl-reiner.html" title="Twitter">
  • ReproduçãoUm dos últimos trabalhos de Reiner foi como dublador em 'Toy Story 4', animação do ano passado

    O ator americano Carl Reiner morreu na segunda-feira (29), aos 98 anos. A revista Variety confirmou a informação com a assistente do ator, Judy Nagy, que alegou morte por causas naturais.

    Reiner teve uma consolidada carreira como comediante na TV dos Estados Unidos com a criação da série “The Dick Van Dyke Show” (1961-1966). Além de ator, ele também foi produtor, roteirista e diretor.

    Após grande sucesso na TV nos anos 50 e 60, ele emplacou como diretor de comédia e conduziu Steve Martin em “O Panaca” (1979). A dupla retomou a parceria nos filmes “Cliente Morto Não Paga” (1982), “O Médico Erótico” (1983) e “Um Espírito Baixou em Mim” (1984).

    Nos anos 2000, Carl Reiner entrou para a franquia “Onze Homens e um Segredo” (2001), estrelada por George Clooney, onde ele viveu o vigarista Saul Bloom.

    Entre seus trabalhos mais recentes estão “Toy Story 4” (2019), “Angie Tribeca” (2018) e “Young and Hungry” (2017).

    We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree