Como fazer cheesecake? Confira dicas para não errar no doce

02 Outubro 2019

O cheescake é uma torta muito popular nos Estados Unidos, mas seu surgimento, de acordo com estudiosos, ocorreu na Europa. Ele se difundiu pelo mundo e conquistou muitas pessoas pelo sabor

único, e embora saber como fazer cheesecake não ser complicado, exige muita atenção às etapas.

Leia também: 6 receitas de cheesecake para se deliciar

shutterstock

Como de costume, às quintas-feiras o Receitas Culinárias apresenta dicas para te ajudar a fazer pratos ou usar utensílios comuns no dia a dia, e agora vamos explicar como fazer cheesecake para você arrasar na cozinha.

Alguns truques simples, como utilizar apenas ingredientes em temperatura ambiente, são fundamentais para garantir que a "torta de queijo" fique saborosa e bonita. Esse é, aliás, o primeiro passo da receita.

"A primeira coisa a se fazer é deixar os ingredientes fora da geladeira por aproximadamente 30 minutos. Derreta a manteiga e misture com o biscoito batido para obter a massa, prense ela na assadeira de fundo falso e leve para assar, geralmente por volta de 10 minutos. Depois, espere a massa esfriar", detalha o chef Mathias Marcondes.

A segunda etapa é preparar o recheio. "Primeiro se bate o cream cheese até ficar bem cremoso, depois o açúcar é adicionado, batendo sempre até ele dissolver no queijo", detalha. Ele dá uma dica do ponto certo do recheio: "Se passar um pouco da mistura entre os dedos, ela deve estar lisa".

"Por fim, adicione os ovos um a um, batendo até ficar homogêneo, mas parando assim que obter esse resultado. Bater demais nesse estágio compromete a textura e aumenta as chances de ele rachar. Asse em forno baixo, de preferência em banho-maria", complementa.

Leia também: Dicas e receitas para deixar a fritura de lado e investir em pratos assados

Dicas para fazer a cheesecake perfeita

aprenda a fazer cheesecake
shutterstock

Assar a torta em banho-maria (dentro de um outro recipiente com água) é uma recomendação valiosa do chef porque isso impossibilita que o cheesecake asse rápido demais e comprometa a textura. "Ele também aumenta a umidade dentro do forno, o que impede a camada superior do recheio de secar demais, o que aumenta as chances de evitar que ele rache", diz Marcondes.

Lidar com a rachadura é outro problema que a maioria das pessoas enfrenta. Além de usar a água, é importante que o forno não seja aberto – nem um pouquinho – enquanto o prato assa, uma vez que isso também pode rachar por causa do choque térmico.

"Não só para o cheesecake, mas para qualquer receita que usa o método de crescimento mecânico (claras aeradas) e não químico (fermento), uma mudança brusca na temperatura pode, sim, comprometer, e é o que acontece quando abrimos o forno durante uma cocção", diz a chef Malu Mello.

Passado o tempo necessário que a iguaria precisa ficar no forno, é momento de checar se ela está no ponto certo. Para isso, basta "chacoalhar levemente" a cheesecake. "As laterais devem estar firmes e levemente estufadas, mas o centro deve chacoalhar um pouco", aponta Marcondes. Se isso acontecer, retire o doce do forno.

Para coloca-lo na geladeira, é ideal esperar cerca de 30 a 40 minutos, até que ele chegue à temperatura ambiente.

A chef Malu Mello recomenda o uso de uma forma removível de 30 centímetros untada com manteiga e açúcar cristal para não prejudicar o doce na hora de desenformar e deixar a massa ainda melhor.

Calda para o cheesecake

Já para fazer a calda de frutas vermelhas, um dos sabores mais comuns de cheesecake, Malu afirma que você vai precisar de 150 gramas de frutas vermelhas, 75 gramas de açúcar e 1/2 de limão espremido.

"Misture tudo e leve ao fogo brando. Deixe as frutas cozinharem no açúcar até formar uma calda lisa e grossa, e finalize com uma colher de mel e uma de manteiga para dar brilho. Após isso, despeje a calda morna sobre a torta fria para servir", esclarece ela.

O chef Marcondes pontua que essa é uma sobremesa que demanda tempo e, por isso, é comum que as pessoas desistam de fazê-la. "Como todas as receitas dizem e insistem no risco dele rachar ou desandar, as pessoas têm a noção errada que é um doce de difícil preparo, mas caso ele seja feito com alguns cuidados básicos é bem tranquilo de ser preparado", diz ele.

Além disso, quando se aprende como fazer cheesecake, é normal escorregar em algumas coisas, como deixar ela rachar um pouco. Mathias Marcondes destaca que a torta, em "situação doméstica", ou seja, que não é feita com objetivo comercial, mesmo rachada fica deliciosa.

Receita de cheesecake

Gostou das dicas? Que tal coloca-las em prática? Confira abaixo uma receita da tradicional cheesecake americana.


Série "não erre"

Como já falamos, toda quinta-feira temos uma reportagem especial no Receitas Culinárias para ensinar truques e dicas que simplificam os pratos, até os mais simples. É a nossa série "Não erre". Navegue pelo infográfico abaixo e veja tudo o que já ensinamos por aqui:


We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree