4 receitas diferentes e fáceis para variar o arroz nosso de todo dia

03 Dezembro 2019

O arroz está sempre à mesa dos brasileiros e é um alimento com inúmeros benefícios. Aliado ao feijão, a iguaria, de acordo com a chef Ivy Oliveira, da Camil, é fundamental

para fornecer aminoácidos essenciais que o organismo necessita para produzir proteínas.

Leia também: Difícil se acostumar com o arroz integral? Saiba como deixá-lo mais saboroso

shutterstock

Entre as vantagens do arroz, se destacam a acessibilidade e a versatilidade. "Ele pode ser combinado com diversos ingredientes e agrada a todos os paladares. Em saladas, os grãos integrais como os 7 cereais, arroz vermelho e arroz preto acabam sendo os mais utilizados", comenta a chef ao Receitas Culinárias.

Para te ajudar a inovar no preparo do arroz e explorar as variações do alimento, vamos apresentar quatro opções de receitas. As alternativas são fáceis e rápidas de preparar, além de muito saborosas. Veja:

1. Arroz de forno

Para Ivy, o melhor dessa receita é que ela pode ser feita tanto os ingredientes que já estão em casa quanto de um modo mais elaborado; a garantia de sucesso é a mesma. "Uma dica importante é que, por ir ao forno, é sempre bom ter uma camada de molho ou ingredientes que possuam uma umidade para deixar a preparação suculenta", pontua a chef.

2. Arroz à grega

De acordo com a chef, o arroz à grega é coringa, ou seja, se encaixa em qualquer ocasião. "Geralmente, é muito consumido como acompanhamento de churrasco ou de carnes assadas, e cada lugar tem as suas variações de combinações de ingredientes, mas a mais comum é ter pimentões verde e vermelho, ervilhas frescas e cenoura, podendo ter uvas-passas ou não", afirma ela.

Leia também: Clássico do churrasco: saiba como escolher, preparar e cortar picanha

3. Arroz carreteiro

O arroz carreteiro também é conhecido como um "arroz de viagem", isso porque ele tem em sua composição alguns ingredientes que podiam ser transportados sem refrigeração por dias. "É um arroz muito tradicional gaúcho, sua base leva a charque (para nós mais conhecida como carne-seca) que pode ser desfiada ou picada grosseiramente refogada com cebola, tomate e cheiro verde, mas também é uma preparação que foi tendo o toque especial de cada família e podendo ter adições de bacon e linguiça", explica a chef.

4. Arroz de Braga

Já o arroz de Braga é característico da cozinha portuguesa, e se destaca por ser bem úmido e misturar diferentes tipos de carnes e linguiças. "Assim como toda receita regional, pode haver algumas mudanças nas escolhas das carnes, podendo ser preparado com frango, carnes de caça como a de pato e também trocar a linguiça portuguesa por chouriço", enfatiza Ivy Oliveira.

A chef considera que variar no preparo do alimento e inovar nas receitas é uma forma de fazer com que o consumo não seja enjoativo. "O arroz é um grão nutritivo e muito versátil, o que permite serem criadas receitas tanto doces quanto salgadas e para qualquer ocasião, desde o dia a dia até um jantar de gala", finaliza.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree