Picanha está cara? Veja carnes baratas para salvar o churrasco em tempo de crise

07 Dezembro 2019

A crise chegou de vez e o preço da carne bovina atingiu o maior valor no Brasil em 30 anos, mas é complicado abrir mão de uma carne vermelha

no churrasco. Uma das maneiras de não prejudicar os planos é investir em opções de carnes baratas, mas que substituem as tradicionais à altura.

shutterstock

Para te ajudar a economizar no churrasco e encontrar essas carnes baratas, o Receitas Culinárias conversou com dois especialistas no assunto: Larissa Morales, do canal no YouTube Larica na Brasa, e José Almiro, do canal Churrasqueadas. Eles nos ajudaram a compor o churras durante a "inflação da carne".

"Os cortes mais comuns no churrasco são os cortes chamados nobres. Picanha, contrafilé, file mignon, alcatra, entre outros. Porém, existem cortes mais em conta que também são bons, como a fraldinha, miolo de acém, miolo da paleta, cupim e a costela", diz Almiro.

"Além disso, você pode pegar carnes que não são tão indicadas para churrasco, como a capa de filé, e moer para fazer hambúrguer na brasa", indica ele.

Larissa destaca que as carnes do dianteiro são, geralmente, associadas a carnes de segunda. Mas isso não é necessariamente algo ruim. "Carne de primeira é aquela que conseguimos grelhar rapidamente, fritar, ou fazer em bifes", explica a especialista. Mas ela afirma que é possível terum carne suculenta com os cortes do dianteiro também", comenta ela.

A especialista também pontua algumas alternativas para a carne do churras não pesar no bolso. "Raquete, miolo de acém, peixinho assado de tira, bananinha, coxão mole, fraldinha são opções mais baratas", afirma.

Veja mais detalhes das carnes baratas para seu churrasco:

1. Bananinha

bananinha carne
Divulgação/Churrasqueadas

Ainda pouco conhecida, a carne é, de acordo com os profissionais, uma opção válida e saborosa. "Possui um teor de gordura que dá o sabor especial. Ele é retirado entre os ossos do contrafilé. É um corte barato em relação a outros cortes como o próprio contrafilé", garante Almiro. O preço da bananinha varia entre R$ 20 e R$ 25 por quilo.

2. Paleta desossada

paleta desossada
Divulgação/Churrasqueadas

Apesar de integrar a parte dianteira, a paleta de boi desossada propicia um "corte único" com sabor diferente de qualquer outro. Conforme explica Larissa, da paleta também é extraído alguns cortes para churrasco, como o miolo da paleta e o peixinho. Um quilo da carne custa, em média, R$ 25.

3. Bife de vazio

bife de vazio, fraldinha, churrasco
shutterstock

"O bife do vazio seria o pacu, está localizado próximo à costela", explica Larissa Morales. O corte, de acordo com a profissional, é mais comum na região Sul do País e custa R$ 23. Contudo, José Almiro salienta que, em alguns lugares, o bife de vazio também é conhecido como fraldinha. "Os dois cortes são próximos, mas são diferentes. É um corte macio, com fibras longas e muito saboroso", conta ele.

4. Costela de ponta

costela de ponta
Divulgação/Churrasqueadas

Todos os cortes da costela são muito saborosos, e ao serem incluídos no churrasco ficam ainda melhor. A costela de ponta, segundo Larissa, "é um corte que pode ser feito casqueirado, que é quando se assa a superfície e serve a parte assada bem fina, e depois volta para a churrasqueira para continuar o processo".

"Vale a pena ter no churrasco, por ser uma carne da costela, leva todo o sabor dela e é mais rápido de se servir do que a própria costela", declara a profissional. Cada quilo custa, em média, R$ 20.

Leia também: Clássico do churrasco: saiba como escolher, preparar e cortar picanha

E o que substitui a picanha?

picanha
shutterstock

Não é fácil encontrar um substituto à altura para a picanha, mas os profissionais indicam algumas opções válidas e igualmente saborosas, como a maminha, o miolo de alcatra e o miolo de acém.

"A maminha é um carne macia, suculenta, até o formato dela se parece com a picanha. E ela tem um preço mais acessível do que a picanha, na média de R$ 30 reais por quilo", enfatiza Almiro. Já o miolo de alcatra não é tão barato, porém, em relação à picanha, o valor compensa. "Na média de R$ 35 a R$ 40", indica ele.

Além desses, o miolo de acém também pode integrar o churrasco. "É rico em gordura entremeada, que é a gordura presente nas fibras das carnes", ressalta Larissa. "O assado de tira também leva a gordura da costela, e o miolo de paleta pode ter uma camada de gordura por cima, seu formato também é parecido com a picanha, triangular, e recebe o nome de picanha do dianteiro", complementa.

Espetinhos também ajudam a economizar

espetinhos de churrasco
shutterstock

Tanto Larissa quanto Almiro consideram os espetinhos como uma forma viável de reduzir os gastos, mas desde que sejam feitos em casa para evitar o consumo de conservantes. "O coxão mole vai muito bem como carne pra espeto, e você pode acrescentar cebola, bacon e pimentões", esclarece Larissa.

Não se esqueça dos acompanhamentos para churrasco

pão de alho
shutterstock

Além de gastar menos na carne bovina, uma sugestão para economizar no churrasco é investir nos acompanhamentos. "Aproveite para mesclar com cortes de frango e peixes, que estão mais baratos. Kafta é uma boa opção em tempos de crise como esses", finaliza Larissa.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree