5 passos para ter o churrasco perfeito para começar o ano

01 Janeiro 2020

1º de janeiro é dia de churrasco para você, seus amigos e família? Mas para começar o ano tem quer ser um churrasco perfeito e com opções que agrade os diversos

paladares.

shutterstock


E para não errar, veja alguns passos que você deve seguir para ter o churrasco perfeito:

Churrasco perfeito - passo #1: quantidade de carne e acompanhamentos

carne para churrasco
Aretha Martins/iG

As carnes já devem estar compradas e separadas, mas vale uma conta rápida para garantir que terá comida para todo mundo. Segundo especialistas Tirolez, o ideal é calcular, em média, 450 g de carne para cada convidado, considerando a linguiça, a picanha, o frango, entre outros.

Além disso, capriche nos acompanhamentos para incrementar o seu churrasco. Vale arroz, farofa, pão de alho e mais. Veja ideias e receitas de ótimos acompanhamentos aqui.

Churrasco perfeito - passo #2: quantidade de carvão e brasa ideal

churrasco
shutterstock

Você também já comprou carvão, certo? Por exemplo, a cada quilo de carne, é necessário de 1 a 1,5 kg de carvão, diz a Tirolez.

Acender a churrasqueira também é fundamental para garantir o sucesso no preparo do churrasco. Faça isso com uma certa antecedência, afinal, a brasa pode demorar de 40 minutos a uma hora para chegar à temperatura ideal para colocar a carne.

E para ter certeza que é hora de começar o churrasco de fato, faça o teste da mão, muito comum entre os churrasqueiros. Você deve colocar a mão a altura da grelha e contar 5 segundos. Se conseguir ficar mais do que isso, é sinal que o fogo está baixo e, dessa forma, sua carne vai cozinhar e não assar.

Leia também: Dicas para acertar no fogo do churrasco e mais preparos

Churrasco perfeito - passo #3: o que temperar e o que não temperar

sal na carne
Aretha Martins/iG

Enquanto a churrasqueira ainda não chegou ao ideal, aproveite para temperar o que precisa ser temperado, como o frango. O ideal é fazer uma marinada e deixar as asinhas, por exemplo, de um dia para o outro.

Está em cima da hora? Não tem problema! Deixe o frango no tempero essa uma hora até o fogo chegar e já terá um sabor diferente em seu churrasco. Uma sugestão é usar uma base alcóolica, como vinho ou cerveja, e incluir temperos de sua preferência, pode ser alho, mostarda, manjericão e pimentas. A carne deve ficar marinando na geladeria.

Já a carne vermelha, para muitos mestres churrasqueiros, não teve ser temperada. Esse é um dos grandes erros do churrasco. A indicação é colocar sal, que pode ser o de parrilla, só quando a carne estiver pronta e deixá-la descansar uns instantes antes de cortar. Isso garantirá suculência da carne.

Churrasco perfeito - passo #4: molhos para acompanhar a carne

Molho de queijo
Divulgação/Tirolez

Tem gente que gosta de, além dos acompanhamentos já citados acima, ter um molho para comer junto com o churrasco. Carne vermelha, por exemplo, vai bem com um molho de queijo. Veja essa receita que fica pronta em apenas 30 minutos.

Você pode também ir para o lado mais tradicional, como vinagrete e molho barbecue. Veja como prepará-los também:

Churrasco perfeito - passo #5: como arrumar as carnes na churrasqueira

churrasco
Aretha Martins/iG

Fogo no ponto, convidados chegando, é hora de colocar as carnes na churrasqueira. Mais uma vez, a dica é da Tirolez. "Coloque para assar primeiro as peças maiores e que demandam mais tempo na churrasqueira, como a costela suína, acomodando-a a 40 cm da brasa. Para peças menores, o ideal é grelhar, mantendo 15 cm de distância da grelha", orientam os chefs da marca.


We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree