Para curtir o calor: vinho na lata faz sucesso em praias brasileiras

19 Janeiro 2020

Já imaginou beber vinho na lata, assim como refrigerante ou cerveja? Isso é possível e já está fazendo sucesso em algumas praias do nordeste graças ao vinho australiano Barokes. Inicialmente, o

produto começou a ser distribuído em Fernando de Noronha.

Leia também: A cara do verão! Aprenda 5 combinações e receitas com açaí

Divulgação

Pela praticidade de não estar na garrafa e exigir taça, o vinho na lata tem conquistado mais adeptos. “O consumo de vinho tem crescido não só na ilha, como em todo estado, por isso resolvemos vender também no Recife, incialmente, e Região Metropolitana”, falou Ana Navamuel, empresária que apostou na novidade.

Como é o vinho em lata?

viinho em lata
Divulgação

A princípio, a ideia de um vinho na lata pode gerar desconfiança, já que se sabe que a garrafa de vidro é responsável por conservar as principais características da bebida.

Leia também: Fraldinha x maminha: o que é melhor para um churrasco saboroso e econômico?

Porém, a marca garante que a cor, sabor e aroma são preservados, pois o vinho é hermeticamente lacrado, o que impede o líquido de tocar o alumínio. Outra vantagem é que o vinho não tem prazo de validade. Basta armazenar em um lugar seco e fresco.

A lata tem 250 ml e serve uma taça e meia, mas é possível beber direto da lata, já que ele foi preparado para isso. Existem seis sabores disponíveis no mercado: cabernet, shiraz, merlot, chardonnay, semillon e moscatel. Todos têm 13% de teor alcoólico, exceto a versão moscato que tem 6,5% e é adocicado.

Leia também: 7 receitas de doces rápidos e gelados para se refrescar no verão

Reconhecimento

O vinho australiano foi premiado como o melhor vinho em lata na competição New York International Wine, em 2014, além de já ter conquistado outros 400 títulos em competições internacionais.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree