Cerveja dos faraós é recriada por cientistas israelenses

30 Mai 2019

Segundo estudos, a cerveja é uma bebida milenar, com ocorrências registradas já na época dos faraós egípcios, mais de cinco mil anos atrás. Mas como seria essa bebida?

Leia também: Estudo mostra o que a escolha do vinho diz sobre a personalidade dos americanos

shutterstock

Para conseguir recriar a cerveja nos mesmos moldes da que era consumida na época, cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, coletaram leveduras de jarros de terracota que foram encontrados em sítios arqueológicos da região, todos eles com três a cinco mil anos.

Leia também: Padres belgas produzem cerveja medieval cuja receita tem mais de 200 anos

Uma das maiores surpresas foi encontrar colônias de leveduras que sobreviveram nos navios de milhares de anos e permitiram recriar a bebida similar a que egípcios e filisteus consumiam. Na época, a cerveja era consumida durante as refeições e tinha um significado religioso e de cura.

Leia também: Dia do café! Dicas e receitas com a bebida mais amada pelos brasileiros

O resultado foi uma bebida com 6% de teor alcoólico, degustada por jornalistas e pesquisadores. “Quando obtivemos esta cerveja, sentamos em volta de uma mesa, bebemos e brindamos. Eu disse ‘tudo vai ficar bem ou todos estaremos mortos em cinco minutos'”, contou o cientista Aren Maeir. “Sobrevivemos e estamos aqui para contar a história”.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree