Record demite operador que chamou Sabrina de "macaca"

06 Novembro 2019

sala." data-reactid="22">A Record confirmou o caso de racismo envolvendo um operador de câmera e a participante Sabrina Paiva nos bastidores do reality ‘A Fazenda’ na noite de terça-feira (5). Segundo a própria peoa, o funcionário a chamou de “macaca” enquanto estava posicionado atrás de um dos espelhos da sala.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Em nota, a emissora informou que a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera) identificou o ofensor ao fim da atração. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente.

Leia também

“A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar”, garante o comunicado.

Confira a nota completa:

Foto: Divulgação

Na madrugada, o relato da participante viralizou nas redes sociais e as tags “racismo é crime” e “Sabrina merece respeito” ficaram em evidência. No vídeo compartilhado pelos internautas, a modelo conta para os colegas que o insulto veio “por trás dos vidros”, área onde circulam apenas funcionários e câmeras.

“Acho que aquilo foi pra mim, de verdade. Eu era a única que estava em pé. Você viu? Na hora que estava tomando água, estava todo mundo sentado. Aí só ouvi um ‘senta aí, macaca’ e um palavrão”, contou Sabrina.

Assim como a miss, Hariany e Rodrigo Phavanello confirmaram o caso e ficaram indignados. “Ele falou: ‘senta aí logo, macaco'”, reiterou a goiana. Rodrigo completou que a situação é grave e compartilhou o acontecimento com outros peões da casa. Os colegas, porém, amenizaram a situação dizendo que poderia ter sido um diálogo entre funcionários nos bastidores.

0:05 da pra escutar macaca, senta aí logo, a Sabrina perguntando se todo mundo tinha entendido! ? #AFazenda11pic.twitter.com/QlWTAsa1hU

— Gio??‍? (@TeamGiovanneBR) November 6, 2019

Muitas polêmicas

A 11ª edição da Fazenda tem sido marcada por inúmeras polêmicas. Além do caso de racismo, a temporada já teve uma expulsão por assédio, maus-tratos aos animais e um show de frases misóginas. Até aqui, o que mais repercutiu foi a expulsão de Phellipe Haagensen.

Na ocasião, Marcos Mion falou que a emissora tem o dever de cumprir as leis. “Beijo roubado e forçado, ‘encoxada’, mãos bobas são considerados crimes sexuais. É proibida qualquer ação que coloque em risco a integridade física dos participantes e a produção deve cumprir o regulamento, mas também deve cumprir as leis (...)”.


We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree