Alistamento militar no Brasil: tudo o que você precisa saber

14 Janeiro 2020
K2_ITEM_AUTHOR 

Aqui no Brasil, jovens do sexo masculino que completam 18 anos devem se apresentar ao Serviço Militar Obrigatório. O processo é dividido em três etapas ao longo do ano: Alistamento Militar,

Seleção Geral e Incorporação e Matrícula. Essas fases são comuns ao processo de recrutamento da Marinha, Exército e Aeronáutica e foram unificadas pelo Ministério da Defesa.
(Fonte: Ministério da Defesa/Reprodução)

Característica das etapas

Alistamento

O período do Alistamento Militar começa no primeiro dia útil de janeiro e vai até o último dia útil de junho, o que significa que em 2020 o prazo final será dia 30 de junho. O processo pode ser feito através do site www.alistamento.eb.mil.br (no qual será necessário preencher o formulário e informar o número do CPF para validação dos documentos) ou ao comparecer à Junta de Serviço Militar mais próxima de sua residência.

Para quem optar por ir até a Junta, é preciso levar:

  • Certidão de nascimento, ou no caso de brasileiro naturalizado ou por opção, a prova de naturalização ou certidão do termo de opção (prova equivalente);
  • Comprovante de residência ou declaração assinada;
  • Um documento oficial com foto.

Seleção Geral

A segunda etapa ocorre normalmente entre fevereiro a novembro. Dela, participam os jovens que se alistaram até junho do ano em vigor e os alistados de anos anteriores em débito com o Serviço Militar. Nessa fase, são escolhidos recrutas que possuam uma combinação de vigor físico e capacidade analítica, independentemente do nível de informação ou cultural. Outros aspectos avaliados são os psicológicos e morais. É nesse momento também que o jovem deve escolher qual Força Armada irá servir. Para saber a data de comparecimento à Comissão de Seleção, é necessário consultar o site www.alistamento.eb.mil.br.

Incorporação ou Matrícula

Na última parte do processo ocorre a inclusão do jovem em uma Organização Militar da Ativa das Forças Armadas. Nos primeiros dias, o recruta irá se familiarizar com a rotina e as práticas comuns em um ambiente militar que incluem: prática controlada de atividades físicas, noções de hierarquia, disciplina, civismo e aprender a se habituar com horários rígidos.

O que acontece se perder o prazo ou não se alistar?

Caso você não consiga realizar o primeiro passo até o prazo máximo, pode regularizar a situação através do site de alistamento que citamos antes ou ir até a Junta de Serviço Militar. Porém, isso implicará em uma multa.

Quem não se alistar não poderá tirar passaporte, prestar exames para estabelecimento de ensino, tirar carteira de trabalho ou ingressar em serviços de iniciativa pública ou privada. Então, não se esqueça de separar os documentos necessários e manter sua situação em dia.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree