Com Palmeiras de olho em Guerrero, Borja admite não entender Mano e fala sobre possível saída

18 Novembro 2019
não está sendo das melhores: o título do Campeonato Brasileiro ficou mais distante com o empate em 1 a 1 com o , no último domingo (17), enquanto que o venceu

mais uma, ganhando do por 1 a 0 e abriu 11 pontos de diferença para o Verdão.


Miguel Borja

Nessa reta final de Brasileiro, o planejamento visando as principais competições já está sendo montado, sendo que a Libertadores, principal torneio continental, segue como objetivo do clube. O clube mira reforços que possam chegar e integrar a equipe titular. Guerrero do Inter, é um dos observados pelos dirigentes. Mano Menezes e Alexandre Mattos, apesar dos questionamentos da torcida, devem permanecer no próximo ano.


Apesar da permanência de ambos, o Palmeiras deverá perder Borja. A falta de oportunidades tem incomodado o colombiano e após a partida diante dos baianos, falou sobre seu futuro: “Estou trabalhando. Não sei o que acontece na diretoria, com o professor. Só fico trabalhando. Sei das minhas condições. O Palmeiras está muito bem. Se eles acham que tenho que sair, vou sair sem problema nenhum”, disse.

O movimento que o Borja fez pra receber a bola ontem na hora do gol, (uma diagonal curta), típico movimento de centroavante. Nunca que veremos o Deyverson fazer, pq ele não é CENTROAVANTE, não é JOGADOR e nem era pra estar no PALMEIRAS.

— Ni ⓢ ⓔ ⓟ Avanti Palestra ?? (@NidelmarSoares)


O camisa 9 ainda aproveitou para dizer que está tudo bem entre ele e o técnico Mano Menezes, após o treinador ter dado declarações que não pegaram bem com o atleta e seu empresário: “Muitas vezes, a cobrança da torcida, de vocês, está sempre. Mas fico tranquilo, porque trabalho e procuro fazer o melhor. Muitas vezes, o estilo de jogo da equipe não me ajuda muito, mas sei que tenho que me encaixar. Esses três anos o Palmeiras me ajudaram a desenvolver meu jogo, jogar mais fora da área. Aqui no Palmeiras, me sinto mais completo. Se tiver que sair, fico muito tranquilo e sei que daqui vou sair melhor do que quando cheguei."

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree