-->

Náutico e Paysandu duelam por vice-liderança na Série B

15 Junho 2015

O jogo de abertura da oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro promove uma disputa pela vice-liderança da competição. O

Náutico, atual segundo colocado, receberá o Paysandu na Arena Pernambuco nesta terça-feira, às 19h30(de Brasília), buscando aumentar a vantagem em relação ao rival. Em terceiro lugar na classificação, o Papão espera ultrapassar os anfitriões e assumir o posto com uma possível vitória.

O Náutico vinha de uma sequência invicta de seis jogos na Série B até der derrotado pelo Atlético-GO no Serra Dourada. Mesmo com o resultado, permanece como vice-líder da tabela, com 16 pontos, embora tenha perdido a chance de encostar no Botafogo, que segue no topo somando 19 pontos. O Paysandu, por outro lado, soube aproveitar o tropeço do Timbu e subiu duas posições após vencer o ABC por 2 a 0 fora de casa.

Com o desgaste físico dos atletas do Timbu, o técnico Lisca vem utilizando peças do banco de reservas para compor o elenco da Segunda Divisão há duas rodadas. Contra o Paysandu não será diferente, já que além dos dois desfalques por lesão – Ronaldo Alves e William Margão –, Douglas e Marino também não entrarão em campo na terça-feira para cumprir suspensão. O primeiro recebeu dois amarelos no jogo, sendo expulso durante a partida, enquanto o último recebeu o vermelho após o apito final.

Mesmo com derrota para o Atlético-GO por 2 a 0, o Náutico se manteve na vice-liderança da Série B – Credito: Divulgação/Náutico

A vaga de Marino deve ser ocupada por Fillipe Soutto, que atuou em nove partidas no Campeonato Pernambucano. O ataque, ainda indefinido, coloca duas opções à frente do treinador: Josimar ou Renato. No lugar de Magrão, a tendência é que Lisca utilize Bruno Alves mais uma vez. Patrick Vieira, recuperado de uma lesão, pode figurar como opção entre os reservas, embora não atue pela equipe há mais de um mês.

O Papão também terá desfalques importantes para a partida. Sem poder contar com os volantes Fahel, expulso contra o ABC-RN, e Ricardo Capanema, que levou o terceiro amarelo no mesmo confronto, o técnico Dado Cavalcanti relacionou dois atletas do mesmo setor para o jogo de terça. São eles Gilson e Fernando Aguiar, que devem disputar a titularidade em uma das vagas, já que a outra foi confirmada com a entrada de Augusto Recife.

Tanto Gilson como Fernando Aguiar precisaram viajar às pressas, já que o Paysandu saiu de Natal direto para Pernambuco, tendo em vista o curto espaço de tempo entre os jogos da sétima e da oitava rodada da Série B. Dado Cavalcanti promete dar trabalho contra o Náutico com qualquer formação que entrar em campo. Mesmo com os desfalques importantes, afirma que a equipe é suficientemente ambiciosa para promover uma boa partida.

O Paysandu vem de uma sequência de cinco vitórias seguidas (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
O Paysandu vem de uma sequência de cinco vitórias seguidas (Foto: Fernando Torres/Paysandu) – Credito: Divulgação

“O Paysandu pode aprontar na terça, não vencemos (o ABC-RN) por acaso. Temos as nossas limitações, mas esse grupo é ambicioso. Vamos jogar de igual para igual. Tenho várias alternativas. A entrada do (Augusto) Recife é uma certeza, mas eu perco altura dentro da área, eu perco a contenção do Fahel, e uma das armas do Náutico é a bola aérea. Vou levar tudo isso em consideração. A única certeza, agora, é que o Recife vai jogar”, declarou.

O meia Carlos Alberto pediu atenção dos jogadores com a marcação em cima dos atletas do Náutico, elogiando o trabalho realizado por Lisca no clube.

“Precisamos ter a mesma atenção a todo o momento. O Náutico tem muita qualidade e será necessário ter atenção especial na marcação”, disse. “O Lisca é um treinador competente. Ele é um treinador agressivo e está derrota vai obrigar o time dele a vir para cima do Paysandu”, finalizou.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO X PAYSANDU

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 16 de junho de 2015, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (CBF-1/AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo (CBF-1/AL) e Maxwell Rocha da Silva (CBF-2/AL)

NÁUTICO: Júlio César; Guilherme, Diego, Fabiano Eller e Gaston; João Ananias, Fillipe Soutto, Bruno Alves e Hiltinho; Rogerinho e Josimar (Renato)
Técnico: Lisca

PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Gilson (Fernando Aguiar), Augusto Recife, Jhonnatan e Carlos Alberto; Leandro Cearense e Aylon
Técnico: Dado Cavalcanti

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree