-->

Santos tem baixo aproveitamento em cruzamentos na temporada; entenda

25 Mai 2020
Lance Lance

O técnico Jesualdo Ferreira precisará trabalhar as jogadas de cruzamento com o elenco do Santos na retomada do futebol, após o fim da pandemia do novo coronavírus. Isso, porque o Peixe, até o início da quarentena, apresentou apenas 19% de efetividade no quesito.

No total, foram 246 bolas alçadas à área adversária nas 12 partidas disputadas (uma média de 20,5 por jogo) e 48 acertos (média de quatro por confronto), de acordo com apontamentos do “SofaScore”.

Aproveitamento dos laterais

De todos os cruzamentos do Peixe em 2020, 28% saíram dos pés dos laterais. Em dez dos 12 jogos, a dupla foi formada por Pará e Felipe Jonatan, cada um deles foi titular 11 vezes – o lateral-esquerdo registra 12 jogos, mas entrou apenas nos minutos finais da vitória santista por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia, na Argentina, pela primeira rodada da Fase de Grupos da Libertadores, no dia 3 de março.

Em relação a assertividade, os laterais representam 31% de aproveitamento nos cruzamentos, foram 15 de 48 do clube na temporada. Pará acertou quatro em 25 tentativas, registrando um índice de 16% de acerto. Já Felipe Jonatan teve êxito de 22% ao concluir de forma positiva nove das 40 tentativas.

Madson atuou em uma partida, contra o Mirassol, pela décima rodada do Campeonato Paulista. Na ocasião, efetuou cinco cruzamentos e acertou dois, tendo aproveitamento positivo de 40%.

No último jogo que o Santos disputou antes da pausa no futebol brasileiro, a derrota por 2 a 1 contra o São Paulo, no Morumbi, pela 11ª rodada do Paulistão, no dia 14 de março, a equipe cruzou apenas quatro bolas na área com nenhum acerto.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree