Advertência de árbitro no US Open é considerada machista

30 Agosto 2018

iG São Paulo

Alizé Cornet trocou de camisa dentro de quadra e levou advertência por conduta antidesportiva. Organizadores do US Open se desculparam

Alizé Cornet trocou de camisa em quadra durante disputa no

US Open

Foto: Reprodução/ Twitter

Uma cena inusitada no US Open chamou a atenção do público ao redor do mundo por decisão considerada machista. A jogadora francesa Alizé Cornet recebeu uma advertência de “conduta antidesportiva” por tirar e recolocar a camisa em quadra durante jogo contra Johanna Larsson.

Leia também: Depois de veto a roupa de Serena, Roland-Garros terá código de vestimenta

Devido ao forte calor que está fazendo em Nova York, a organização do US Open icluiu uma pausa de 10 minutos entre o segundo e o terceiro sets. Durante o intervalo Alizé trocou de camisa, mas só percebeu que estava ao contrário quando entrou em quadra. Rapidamente a tenista trocou a roupa e foi advertida.

Segundo o regulamento da WTA (Women’s Tennis Association – Associação do Tênis Feminino) as jogadoras devem se trocar em lugar mais privado possível. Percebendo que a câmera estava voltada para ela, Alizé virou de costas e foi rápida e sutil em seu movimento.

Judy Murray, treinadora e mãe de Andy e Jamie Murray, foi uma das mulheres que se indignou com a punição. Em seu perfil do Twitter, Judy publicou a mensagem “Alizé Cornet voltou do intervalo de 10 minutos. Percebeu que sua camisa estava de trás para frente. Arrumou. Uma violação do código. Conduta antidesportiva ... Mas os homens podem trocar camisa na quadra”.

Leia também: Serena é a mulher mais bem paga do esporte, segundo a Forbes

E não foram só as mulheres que não concordaram com a decisão do juiz. O ex-tenista australiano Casey Dellacqua chamou o aviso de “ridículo” e, campeão de duplas do Gram Slam, Bethanie Mattek-Sands, disse que foi uma maneira “fraca” de se posicionar.

Depois das críticas, a Organização do US Open publicou comunicado com pedido de desculpas "Lamentamos que uma advertência de violação do código tenha sido dada a sra. Cornet. Esclarecemos a política para garantir que isso não volte a acontecer. Jogadoras, se quiserem, também podem trocar suas camisas em um local mais privado próximo à quarta. Não será concedido uma pausa para o banheiro nessas circunstâncias".

Forte calor em US Open provoca baixas

Novak Djokovic usou toalhas com gelo em sua partida no US Open

Novak Djokovic usou toalhas com gelo em sua partida no US Open

Foto: Getty Images

Os Estados Unidos está passando por um verão bem calorento. A cidade de Nova York, que sedia o último Gram Slam do ano, apresentou na última terça-feira temperaturas próximas de 38 graus. Por causa da umidade alta, cinco jogadores foram forçados a desistir do evento devido a problemas.

Leia também: Ex-jogador é preso por anunciar ex-mulher como prostituta na web

Novak Djokovic revelou que na primeira rodada do US Open,após sua partida com o húngaro Fucsovics ambos tiveram que tomar banho de gelo. A Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) está monitorando as condições climáticas jogo a jogo e, em caso de piora, pausas podem acontecer.


Em breve novidade aqui!!!

K2_LEAVE_YOUR_COMMENT

Usuário(s) Online

Temos 473 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree