Poucas salas, dublado e sem 3D: ‘Vingadores: Ultimato’ reestreia no país em busca de recorde

ReproduçãoFilme retorna com 6 minutos de cenas extras, mas pode não ser o suficiente para desbancar 'Avatar' como maior bilheteria do cinema

Pouco mais de dois meses de seu lançamento

oficial, “Vingadores: Ultimato” retorna aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (11). A Marvel ainda busca desbancar “Avatar” como a maior bilheteria da história, feito ainda não alcançado mesmo com o relançamento nos Estados Unidos.

E, se depender da distribuição brasileira, o recorde ainda pode estar longe de ser batido. Isso porque “Ultimato” retornou ao país restrito a algumas salas dos grandes complexos de cinema e, em sua maioria, em sessões dubladas sem 3D, formato queridinho do público brasileiro.

Na rede Cinemark, por exemplo, dos 23 complexos existentes em shoppings de São Paulo (SP), apenas nove salas exibirão o filme: seis delas em sessões dubladas 2D; duas exibirão o longa legendado, também em 2D; e apenas uma sala passará “Ultimato” legendado em 3D.

Já na rede UCI Cinemas, que conta com três complexos na capital paulista, todos irão passar o filme, distribuído em quatro salas – três delas com reprodução em legendado 3D, e apenas uma exibirá sessão dublada 2D durante o fim de semana.

No Cinépolis, os três complexos de salas de São Paulo exibirão o longa, em duas sessões dubladas 2D e uma legendada ao longo desta semana. A rede Kinoplex, também com três complexos na capital, exibirá o filme em duas salas, ambas sessões em legendado 2D.

Até o momento, “Vingadores: Ultimato” já arrecadou US$ 2,772 bilhões em todo o mundo, mas inda não foi o suficiente para superar a marca registrada pelo filme de James Cameron: “Avatar” soma US$ 2,788 bilhões de faturamento mundial.

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente