Canadá deve banir uma série de itens descartáveis de plástico até 2021

O Primeiro-Ministro canadense, Justin Trudeau, anunciou nesta semana que pretende reduzir a quantidade de resíduos plásticos produzidos pelo país e, para isso, deve banir o uso uma série de utensílios descartáveis,

como sacolas, talheres e canudinhos, já a partir de 2021. A medida, segundo Trudeau, também visa diminuir a quantidade de partículas de plástico que vão parar nos oceanos – e certamente foi motivada pelos problemas que o Canadá vem enfrentando com o lixo que produz.

Para você ter ideia, de acordo com a Reuters, os canadenses reciclam menos de 10% do plástico usado no país e, até 2030, terão “jogado fora” o equivalente a US$ 8,3 bilhões (cerca de R$ 32,3 bilhões) ao ano em materiais. Além disso, recentemente, o Canadá se viu envolvido em confusões com os governos da Malásia e Filipinas, que andaram se recusando em receber os navios carregados com milhares de toneladas de lixo que foram enviados para lá.

Mais responsabilidade

O Parlamento Europeu também aprovou medidas semelhantes neste ano – banindo uma variedade de produtos descartáveis de plástico. Mas, no Canadá, a entrada em vigor das novas normas devem ser graduais para que as autoridades possam definir quais, exatamente, serão os itens que deverão ser alvo das proibições e para que os setores que dependem grandemente desses produtos tenham tempo de buscar alternativas e se adaptar.

(Reprodução / CBC News)

Entre os negócios que mais devem sentir as medidas estão os do setor alimentício, especialmente lanchonetes, restaurantes e cafeterias, uma vez que uso de utensílios de plástico é enorme e o custo dos mesmos itens produzidos em papelão e outros materiais recicláveis ou biodegradáveis é mais alto. Isso significa que os bolsos dos consumidores definitivamente sentirão as mudanças.

A indústria também terá que fazer adaptações, visto que o governo canadense pode passar a exigir que parte da produção seja baseada em produtos reciclados e que haja uma maior responsabilidade com relação ao lixo produzido no país – seguindo uma tendência que vem sendo observada em cada vez mais países do mundo.

Compartilhe este artigo

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente