Bruno Henrique brilha e Flamengo sai na frente do Inter nas quartas da Liberta

arrow-options

Convocado pelo técnico Tite para seleção brasileira, Bruno Henrique brilhou mais uma vez com a camisa do Flamengo. Nesta quarta-feira, no Maracanã lotado,

o atacante fez os dois gols da vitória rubro-negra por 2 a 0 sobre o Internacional no jogo de ida das quartas de final da Libertadores.

Flamengo e Inter voltam a se enfrentar na quarta-feira que vem, dia 28, no Beira-Rio, e o time carioca pode ate perder por um gol para avançar à semifinal. Os gaúchos precisam vencer por três gols de diferença ou por 2 a 0 para levar a decisão para prorrogação e, se necessário, penalidades.

Antes desse duelo decisivo, as equipes entram em campo pelo Brasileirão no domingo: o rubro-negro encara o Ceará, em Fortaleza, enquanto o Colorado viaja até Goiânia para enfrentar o Goiás.

O jogo no Maracanã foi bastante equilibrado, truncado e com poucas chances de gol. No segundo tempo, Bruno Henrique entrou em cena e marcou duas vezes, aos 29 e 33 minutos, decretando o triunfo do Fla diante de seus torcedores.

Clima de Libertadores

arrow-options

O começo da partida entre Flamengo e Inter foi muito brigado no Maracanã. Os jogadores de ambas as equipes reclamavam com o árbitro Roberto Tobar na maioria das marcações, além de se desentenderem entre si em alguns momentos. Gabigol e Rafael Sóbis chegaram a se encarar brevemente após o colorado estourar uma bola em cima do flamenguista e comemorar o lance na frente de atacante rubro-negro. Jorge Jesus entrou em campo para tirar Gabigol da confusão.

Pelo alto e de longe

Apesar de ter mais posse de bola e ter dominando parte do primeiro tempo, o Flamengo encontrou dificuldade de entrar na área do Inter, que estava bem postado no setor defensivo. Assim, as melhores chances dos donos da casa no começo do jogo surgiram em um cruzamento na área e em chutes de longe. Everton Ribeiro e Bruno Henrique obrigaram Marcelo Lomba a fazer boas defesas em finalizações de fora da área, enquanto Rodrigo Caio cabeceou para o gol após cruzamento cobrança de escanteio e o goleiro colorado defendeu sem muita dificuldade.

Lomba salva o Inter

arrow-options

Depois de um bom começo do Flamengo, a partida ficou morna em boa parte da primeira etapa. Até que, aos 45 minutos, o Rubro-Negro finalmente conseguiu infiltrar na área colorada. Felipe Luís passou para Everton Ribeiro na entrada da área. O meia tocou para Gabigol, que, quase na marca do pênalti, deu um corte em Patrick, mas o volante conseguiu esticar a perna e desviou o chute do atacante. Ainda assim, Lomba precisou fazer uma grande defesa. O Flamengo terminou o primeiro tempo com 59% de posse de bola e seis finalizações no gol, enquanto o Inter finalizou apenas duas vezes.

Bruno Henrique decide

Sob os olhares de Tite, presente no Maracanã, Bruno Henrique, recém-convocado para Seleção Brasileira, decidiu mais um jogo para o Flamengo em mais um grande atuação. Em um segundo tempo quase sonolento, o atacante rubro-negro marcou os gols que deram a ótima vantagem para o Fla. Aos 29, após dividida entre Bruno Henrique e Cuesta, a bola sobrou para Gerson, que deu um belo toque para o atacante finalizar para o gol vazio.

Quatro minutos depois, Gabigol tocou para Bruno Henrique na entrada da área. O camisa 27 girou sobre Cuesta e finalizou no canto, sem chances para Lomba, e fez o segundo.

Gabigol e Nico López derperciçam

Antes do fim da partida, ainda deu tempo para Gabigol furar uma bola dentro da pequena área, após bela jogada de Bruno Henrique, aos 39 minutos. Aos 45, Nico López fez boa jogada pela direita e quase descontou o placar, ao finalizar uma bola perto da trave.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 0 INTERNACIONAL

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-hora: 21 de agosto de 2019, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
Árbitro de vídeo: Julio Bascuñan (CHI)
Público/Renda: 60.797 pagantes/R$ 4.758.998,75
Gramado: Bom.
Cartão amarelo: Willian Arão e Rafinha (FLA), Guerrero e Patrick (INT)
Cartão vermelho: -

GOLS: Bruno Henrique, 29'/2ºT (1-0); Bruno Henrique, 33'/2ºT (2-0)

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Cuéllar e Arrascaeta (Gerson, Intervalo); Everton Ribeiro (Berrío, 44'/2ºT), Bruno Henrique (Piris da Mota, 51'/2ºT) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenílson (Guilherme Parede, 42'/2ºT), Patrick, D’Alessandro (Nico López, 21'/2ºT) e Rafael Sóbis (Wellington Silva, 15',2ºT); Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Última modificação em 23/08/2019

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente