Em seis meses, Depca prendeu 84 pessoas por crimes contra crianças e adolescentes


Estupro e divulgação de pornografia infantil estão entre crimes mais registrados. Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolesdente (Depca)Patrick Marques/G1 AM Nos primeiros seis meses
de 2019, 84 pessoas foram presas em Manaus por crimes que tiveram vítimas menores de idade. Segundo dados da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), entre os principais crimes registrados, estão estupro, divulgação de pornografia infantil, importunação, maus tratos e abandono de crianças e adolescentes. Do total de prisões feitas pela especializada, 61 foram em flagrante e 23 em cumprimento de mandados solicitados judicialmente e cumpridos durante operações policiais. Nesse período, a Depca realizou 25 operações. Entre as de mais destaque estão a “Luz na Infância IV” – operação nacional que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet – e a “Araceli”, deflagrada pela Especializada contra o abuso e a exploração sexual infantojuvenil em Manaus. Para a titular da Depca, delegada Joyce Coelho, o número de prisões e operações reflete, entre outros, o grau de confiança da população no trabalho realizado pelos órgãos do sistema de Segurança do Amazonas. “A gente vê que o aumento de prisões reflete diretamente a confiança da população. Tinha coisas que as pessoas minimizavam, principalmente de crimes sexuais, e não denunciavam porque achavam normais ou achavam que não ia dar em nada. Quando a pessoa vê que está havendo uma repressão nesse sentido, acaba estimulando novas denúncias, novas investigações e mais prisões”, disse a delegada da Especializada. Denúncias A delegada Joyce Carvalho ressaltou a importância da participação da sociedade para o combate aos crimes que têm como vítimas crianças e adolescentes e pede que a população denuncie situações suspeitas. O relato de casos pode ser feito diretamente à Depca, na rua 6, nº 1, conjunto Vista Bela, bairro Planalto, na zona centro-oeste; pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; e pelo telefone (92) 3656 8575. O cidadão também pode denunciar utilizando o Disque 100, do Governo Federal, e 181, número da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente