Ocorrências de fumaça aumentam em 30% atendimentos em hospital de Lábrea, no Sul do AM


Em todo o estado, Lábrea, Apuí e Novo Aripuanã lideram o ranking de cidades com o maior número de queimadas. Focos de incêndio na cidade de Lábrea, no AmazonasJean
Leite e Raolin Magalhães A fumaça que encobriu a cidade de Lábrea, no Sul do Amazonas, nos últimos dias fez aumentar o número de atendimentos médicos em decorrência de desconforto respiratório no hospital da cidade, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A região está em estado de emergência por conta dos incêndios. Em todo o estado, Lábrea, Apuí e Novo Aripuanã lideram o ranking de cidades com o maior número de queimadas. Só em agosto deste ano, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram registrados mais de 5,3 mil focos de incêndio no estado. No acumulado do ano, os casos chegam a 7.406. O aumentou é de 82% em comparação ao registrado no mesmo período no ano passado. Dentro da Amazônia Legal, o Amazonas é o terceiro colocado em casos de queimadas registrados de janeiro a agosto. Na sexta-feira (23), uma área de mata às margens da BR- 230, a cerca de 65 km da sede do município, foi destruída pelo fogo. Antônio da Costa, 65 anos, vive na zona rural de Lábrea. Por conta da forte fumaça, ele ficou com dificuldades para respirar e precisou de atendimento na unidade de saúde. A Secretaria de Saúde da cidade afirma que houve aumento no número de pessoas atendidas. "Há um impacto em torno de 15% com aumento do custo da saúde nesse período de verão e queimadas", disse o secretário Dário Vicente da Silva. Queimadas na Amazônia Legal A área da Amazônia Legal corresponde à totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e a parte do estado do Maranhão. Nessa área, foram registrados 54.906 focos entre janeiro e 22 de agosto. O número é 63% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. (Colaborou, Raolin Magalhães, Rede Amazônia) Initial plugin text

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente