Força-tarefa atua em barragens para tranquilizar a população

Bombeiros Militares e Defesa Civil atuam na região

As chuvas que recomeçaram, nesta quinta-feira, 18, em Pedro Alexandre e Coronel João Sá deixaram a população em alerta. Para tranquilizar os moradores

da região teve início uma operação emergencial de vistoria nas principais barragens através de uma força-tarefa composta por Bombeiros Militares, prepostos da Defesa Civil e especialistas.

Os serviços foram realizados na fazenda Senhor do Bonfim, “onde cinco barragens se romperam na semana passada e outras três estavam correndo risco de rompimento”, afirmou o coordenador da Defesa Civil da Bahia, Paulo Luz. As primeiras medidas foram para a ampliação dos canais de drenagem “para evitar o transbordamento e consequente rompimento das estruturas”, disse ele.

Ao explicar que o risco existe, Paulo Luz afirmou que isso acontece “devido aos sangradouros subdimensionados, que não conseguem dar vazão ao volume de água acumulado pelas fortes chuvas”.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, ainda não há prazo para as equipes permanecerem nos dois municípios, pois existem muitas barragens que não foram vistoriadas.

Em Pedro Alexandre (a 432 km de Salvador), as pessoas estão com medo já que a cidade é cortada pelo rio do Peixe e outros menores, além das barragens na Serra Torre, em nível acima da zona urbana, e a Lagoa Grande, dentro da cidade.

Com 760 pessoas desalojadas e 128 desabrigadas pelas chuvas da semana passada, por precaução, segundo a coordenadora municipal da Defesa Civil, Karla Leão, algumas famílias foram levadas para o abrigo.

O município de Coronel João Sá, que foi mais atingido com o rompimento de barragens no dia 11 de julho, ainda tem 2019 desalojados e 390 desabrigados, conforme números atualizados na noite desta quinta pela Defesa Civil da Bahia.

Com clima semiárido a região dos municípios mais atingidos têm grande número de barragens justamente pela necessidade que as pessoas têm de armazenar a água para os períodos de estiagem.

comentários

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente