Homem é assassinado com tiro na cabeça ao cobrar dívida por compra de leitoa no Paraná, diz polícia


Homem comprou leitoa em sociedade com um conhecido e foi morto ao cobrar a parte do outro comprador, em Presidente Castelo Branco; suspeito incendiou corpo da vítima. Homem é
morto por causa de dívida de leitoa, segundo a políciaUm homem de 37 anos foi assassinado em Presidente Castelo Branco, na região norte do Paraná, ao cobrar uma dívida de um conhecido pela compra de uma leitoa, segundo a Polícia Civil. Segundo as investigações, a vítima comprou o animal junto com outro homem pelo valor de R$ 600, pagou tudo ao vendedor e, depois, foi até a casa do colega para cobrar a parte dele, de R$ 300. Conforme a polícia, o suspeito matou o homem com um tiro de espingarda na cabeça. Depois de cometer o crime, de acordo com a Polícia Civil, o suspeito colocou o corpo da vitima em um carro e foi até a área rural de Mandaguaçu, também na região norte do estado, onde ateou fogo. A polícia informou que foi chamada por trabalhadores de uma usina, que viram o incêndio no veículo, na noite de segunda-feira (10). O suspeito pelo crime é considerado foragido e deve responder por homicídio qualificado. Homem foi assassinado com tiro na cabeça ao cobrar dívida por compra de leitoa no Paraná, diz polícia Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Compartilhe este artigo

K2_AUTHOR

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente