Suspeito de balear travesti no Centro de Maringá se entrega à polícia


Segundo delegado que investiga o caso, homem disse que atirou depois que vítima entrou no carro dele sem autorização; ela está internada e apresenta quadro estável. Imagens exclusivas mostram
travesti sendo baleada ao sair de carro O homem suspeito de balear uma travesti no Centro de Maringá, no norte do Paraná, se entregou à Polícia Civil nesta terça-feira (11). Segundo a polícia, o homem foi ouvido e liberado porque já não há mais caracterização de flagrante. O suspeito, de 34 anos, de acordo com a polícia, disse em depoimento que não teve relações sexuais com a vítima. Em depoimento, o homem relatou que a travesti entrou sem autorização no carro dele. O caso aconteceu na madrugada de sábado (8), no cruzamento entre a Avenida Herval e a Rua Joubert de Carvalho. Até esta terça-feira, a vítima continuava internada, com quadro estável de saúde. Ainda conforme a polícia, o motorista afirmou que atirou contra a vítima durante uma discussão, depois que ela pegou a chave do carro e tentou sair correndo. "Ele alega que foi a travesti que entrou no carro dele sem autorização, quando ele parou no cruzamento da Avenida Herval com a Avenida Brasil, e que, quando entrou no carro, começou a obrigar ele a dar voltas com ela na região do Centro", disse o delegado Diego de Almeida. O delegado disse que, ainda o depoimento do suspeito, a vítima pediu que ele a deixasse perto de um bar. O homem informou aos policiais que entregou R$ 20 à vítima, e que ela exigiu mais dinheiro, e ele se recusou a dar. "Nós ainda temos que ouvir a versão da vítima, ouvir uma testemunha que estava com a vítima, para saber realmente se o que ele disse bate com a realidade dos fatos", concluiu o delegado. O delegado ressaltou que a versão dada pelo suspeito sobre o crime não justifica legitima defesa. O caso é tratado pela polícia como tentativa de homicídio. A polícia informou também que o suspeito não tinha permissão para portar arma e que também pode responder por porte ilegal de arma de fogo. Travesti foi baleada na madrugada de sábado (8), em Maringá Reprodução/RPC Imagens Vídeos de câmeras de segurança mostram o momento em que a vítima é baleada pelo suspeito. As imagens flagraram o momento em que o suspeito estaciona o carro na esquina. Em seguida, a travesti desce do carro atingida pelo tiro. Ela anda alguns metros e cai. O motorista se aproxima e pega um objeto que, segundo a polícia, era a chave do carro. Imagens mostram travesti após ser baleada no Centro de Maringá Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Compartilhe este artigo

K2_AUTHOR

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente