Homem preso após tiroteio com Polícia Federal em Cristal é encontrado morto


Marcos Luis Berghann foi preso em flagrante na quarta-feira (16). Polícia Federal informa que há indicativo de suicídio. Morte será apurada. No tiroteio, duas mulheres foram mortas e uma
criança ficou gravemente ferida. Veículos furaram barreira da PF e houve confronto com policiais federais em CristalMatheus Felipe/RBS TV A Polícia Federal informou, na noite de quinta-feira (18), que Marcos Luis Berghann, preso em flagrante após tiroteio com agentes que faziam uma barreira em Cristal, foi encontrado morto. Leia abaixo a nota da PF na íntegra. Ele estava custodiado na Superintendência da Polícia Federal de Porto Alegre desde a prisão. Conforme o órgão, há indicativo de suicídio. Berghann foi encontrado enforcado com uma gaze, que usava em um ferimento. Não havia mais ninguém na cela, diz a PF. O horário estimado da morte é entre 19h e 20h. A Polícia Federal ainda confirma que irá instaurar inquérito para apurar as circunstâncias do fato. O Ministério Público Federal, que havia anunciado a abertura de um procedimento para investigar a ação da PF no caso, também foi acionada e acompanha a morte do suspeito. Após ter o flagrante homologado pela Justiça, a PF requereu a prisão preventiva de Marcos, o que também foi deferido. Conforme o órgão, Marcos seria transferido para o sistema prisional assim que uma vaga fosse disponibilizada. Arma foi apreendida dentro de um dos carros que firou a barreira da PF Polícia Federal/Divulgação Relembre o caso O tiroteio aconteceu na madrugada de quarta-feira (16), na cidade da Região Sul do estado. Duas mulheres foram mortas e uma criança de 4 anos ficou gravemente ferido. Internado desde a quarta-feira, o menino estava em estado gravíssimo até a tarde de quinta-feira, conforme a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre. Berghann também tinha se ferido no ataque. O confronto, conforme a Polícia Federal, aconteceu depois de dois carros que andavam em comboio na região para resgatar assaltantes de banco que se esconderam em uma área rural, após ataque que ocorreu no dia 6 de julho, na cidade próxima de Dom Feliciano. Ele é apontado pela investigação como responsável pela ação de resgate. Após a prisão, prestou depoimento, acompanhado de uma advogada, e se reservou o direito de ficar em silêncio. Uma das vítimas, Daniela Weizemann, estava no mesmo carro de Marcos, seu marido. O filho do casal, de 4 anos, estava com eles e também foi baleado. No segundo carro estava a outra vítima, Aline Pirola, e a filha dela, de 2 anos. A criança não se feriu e foi resgatada por equipes de socorro. Aline era estagiária na Prefeitura de Lajeado. Em entrevista, o superintendente da Polícia Federal no Rio Grande do Sul, delegado Alexandre Isbarrola, disse que as crianças e as mulheres podem ter sido colocadas no comboio de resgate "para dar aparência de legalidade ou de que era uma família em deslocamento." Ainda na quarta-feira (18), um carro com placas clonadas, que a polícia acredita ter relação com o comboio, foi apreendido em Cristal e é investigado. Nota da PF RS Porto Alegre/RS: a Polícia Federal comunica o falecimento de Marcos Luis Berghann, ocorrido nesta noite, na custódia da Superintendência Regional. O preso foi encontrado morto, com indicativo de suicídio. Marcos Luis Berghann estava custodiado na Superintendência da Polícia Federal desde o dia 17 de julho, quando foi preso em flagrante no município de Cristal, por tentativa de homicídio. A Polícia Federal irá instaurar inquérito para apurar as circunstâncias do fato.

Compartilhe este artigo

Entre para postar comentários

Contato

Telefone: 55 3522-8882

E-mail: atendimento@oguiadacidade.com.br

 

Últimas Mensagens

Newsletter

Receba nossas notícias diariamente