-->

Caminhoneiro preso com mais de 170 quilos de maconha no AC tem pedido de liberdade negado

11 Setembro 2019

Cícero Portela está preso desde julho, quando foi flagrado com 173 quilos de maconha em um caminhão na BR-364, em Rio Branco. Cícero Portela está preso desde julho,
quando foi flagrado com 173 quilos de maconha no caminhão Alcinete Gadelha/G1 Preso desde o mês de julho, o motorista Cícero Pereira Portela teve o pedido de liberdade negado pela Justiça do Acre. Portela foi flagrado com 173 quilos de maconha escondidos no caminhão. O flagrante ocorreu no Posto Fiscal da Tucandeira, km 115 da BR-364, em Rio Branco. A Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) recebeu uma denúncia anônima informando do material. Portela teria saído de São Paulo (SP) e pegado a droga em Rondônia (RO), de acordo com as investigações da polícia. O G1 não conseguiu contato com a defesa do suspeito até a publicação desta reportagem. Polícia apreendeu 173 quilos de maconha, após denúncia anônima Alcinete Gadelha/G1 A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) negou, por unanimidade, o habeas corpus de Portela. Em defesa, o suspeitou argumentou que precisa passar por uma cirurgia e por isso entrou com o pedido de liberdade. Ainda segundo a Justiça, Portela alegou que a droga apreendida não traz tanto prejuízo à saúde pública. O desembargador-relator, Pedro Ranzi, destacou na decisão que indeferiu o pedido devido à grande quantidade de droga que seria distribuída em Rio Branco. “O resultado seria um grande dano social. Cabe ao Judiciário reprimir e combater a insegurança gerada por esses crimes, bem como suas possíveis consequências”, disse o desembargador em sua decisão. Sobre a cirurgia, a Justiça alegou que o procedimento não tem dada marcada. Sendo assim, não justifica a saída do processo no momento.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree