-->

Casos de dengue aumentam mais de 100% no Acre, aponta Ministério da Saúde

15 Setembro 2019

Até 24 de agosto, estado teve mais de 5,2 mil de casos da doença. No mesmo período de 2018 foram mais de 2,4 mil. Também ocorreu alta nos casos
de zika. Até 24 de agosto, estado teve mais de 5,2 mil de casos da doença no AcreDivulgação O Acre registrou 5.252 casos de dengue até 24 de agosto deste ano, número que representa um aumento de 114,6% em relação ao verificado no mesmo período do ano passado, de acordo com dados do Ministério da Saúde. O total de mortes confirmadas devido à infecção neste ano chegou a duas, sendo que em 2018 não houve casos confirmados de morte por dengue. Entre os estados da região norte, o Acre aparece como o segundo pior em relação aos casos de dengue, ficando atrás somente do Tocantins que registrou 14.569 casos da doença. O técnico da área de Doenças Transmitidas pelo Aedes aegypti da Sesacre, Gabriel Mesquita, informou que as ações de combate ao mosquito são feitas durante todo o ano. Segundo ele, o papel do estado é monitorar, avaliar e assessorar as ações desenvolvidas pelos municípios. “Atualmente, os municípios estão trabalhando no levantamento de infestação, para ver como está a densidade vetorial do mosquito para planejar as ações para o período chuvoso. Vale destacar que o controle da dengue deve ser feito durante o ano todo. O estado vem acompanhando os municípios sempre e fazendo capacitações e atualizações quanto ao manejo clínico dos pacientes com dengue, zika e chikungunya”, disse. Casos de dengue registrados entre 2019 e o mesmo período de 2018; em números absolutos Arte/G1 Casos de zika O Ministério da Saúde afirma ainda que houve aumento de 228,6% nos casos de zika neste ano no estado do Acre, que teve até agora 69 casos, enquanto em 2018 foram 21. A taxa de incidência é de 7,9 casos por 100 mil habitantes. Entre os estados com mais casos, destacam-se Tocantins, Rio Grande do Norte, Alagoas e Espírito Santo. Casos de chikungunya Ainda segundo os dados, houve uma queda de 43,8% nos casos de chikungunya no Acre. Foram 63 casos, contra 112 no mesmo período do ano passado, o que representa uma taxa de incidência de 7,2 casos por 100 mil habitantes. Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte são os estados com mais casos. Foram confirmadas 57 mortes, sendo 47 no Rio de Janeiro, 5 na Bahia, 1 no Maranhão, 1 na Paraíba, 1 em Minas Gerais, 1 no Distrito Federal e 1 no Espírito Santo. Aumento em todo país O levantamento do Ministério da Saúde mostrou que o Brasil registrou 1.439.471 casos de dengue até 24 de agosto deste ano. O número que representa um aumento de sete vezes em relação ao verificado no mesmo período do ano passado. Em índices percentuais, a variação foi de 599,5%. O total de mortes confirmadas devido à infecção neste ano chegou a 591. Em 2018, o número foi pouco mais de 1/3 disto, com 160 casos confirmados de morte por dengue.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree