-->

Após sentir forte dor no peito, detento de 42 anos morre em presídio de Rio Branco

01 Outubro 2019

Segundo Iapen, homem sofria de asma e usava medicamento específico para o tratamento da doença. Caso ocorreu nesta segunda-feira (30), no Complexo Penitenciário de Rio Branco. Washington Trajano
da Silva passou mal e morreu dentro de presídio de Rio Branco Divulgação/Iapen-AC O preso Washington Trajano da Silva, de 42 anos, morreu dentro do Complexo Penitenciário de Rio Branco, nesta segunda-feira (30), depois de sentir fortes dores no peito. A informação foi confirmada pelo Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen). Conforme o Iapen, Silva estava preso na cela 8 do pavilhão G, quando alegou que estava sentindo as dores. Assim que receberam a informação, os agentes penitenciários levaram o preso para a Unidade Básica de Saúde da unidade, onde recebeu atendimento. Foi quando o detento apresentou piora no estado de saúde e mesmo a equipe tentando fazer a reanimação, ele não resistiu e morreu. De acordo com o Iapen, Silva era acompanhado pela unidade de saúde do presídio por ser asmático e usava medicamento específico para o tratamento da doença. “Diante do fato, os familiares foram informados do ocorrido. O Iapen se solidariza com a família do apenado pela perda prematura e repentina e assegura que todos os direitos previstos em lei lhes serão garantidos”, afirmou o instituto em nota.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree