-->

Ação contra caça ilegal prende dois com espingardas, armadilhas e carne de paca em terra indígena no Acre

09 Outubro 2019

Operação da PF-AC contra caça ilegal ocorreu na terra indígena Campinas Katukina, em Cruzeiro do Sul. Armas e carne de paca foram apreendidas durante fiscalização contra a caça
ilegal em terra indígena Divulgação/Polícia Federal do Acre Duas pessoas foram presas durante uma operação da Polícia Federal do Acre (PF-AC) contra caça ilegal de animais silvestres, na terra indígena Campinas Katukina, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. O flagrante ocorreu durante cumprimento de mandado de prisão, nesta quarta-feira (9). A PF-AC apreendeu três espingardas, seis armadilhas de caça e sete quilos de carne de paca. Os dois presos pagaram fiança e foram liberados após prestarem esclarecimentos. A polícia informou que a dupla deve responder por posse ilegal de arma de fogo e, apenas um dos suspeitos, também vai responder por caça de animal silvestre. As investigações apuram uma possível caça ilegal dentro das terras indígenas. Na mesma ação, a PF-AC fez buscas em igarapés e matas das terras com ajuda de uma equipe da Funai para coibir a caça ilegal.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree