Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Quinta, 10 Outubro 2019 22:59

Gladson anuncia licitação para anel viário e fala sobre a segunda ponte que liga Brasiléia à Epitaciolândia

Durante uma coletiva com a imprensa que ocorreu no Palácio Rio Branco na tarde desta quinta-feira, dia 10, o governador do Acre Gladson Cameli (PP), debateu

vários assuntos e o principal seria a dívida herdada no seu governo.

O Acre tem uma dívida de aproximadamente R$ 3 bilhões, que vem acumulando por cerca de três décadas. Neste seu primeiro final de ano, deparou com uma conta que deverá ser paga nos próximos meses de quase R$ 400 milhões, deixada pelo governo do PT.

Gladson foi enfático em dizer que não está arrependido de estar governador e que está ali para resolver, mas, precisa do apoio de todos em todas as áreas, principalmente no legislativo, onde teve a garantia do presidente da Aleac, Nicolau Júnior, que a base de sustentação na Casa está unida com o governo.

Foi perguntado se a crise em que passa o Brasil e a redução de repasse ao Estado, poderia trazer prejuízos ao Acre. Gladson disse que lamenta, mas, está trabalhando para que os projetos não sejam prejudicados, principalmente da região do Alto Acre.

Anunciou que a licitação para da construção do Anel Viário está garantida. “Após os ajustes necessários, acredito que, de uma vez por toda, que o processo licitatório da licitação do Anel Viário, vai estar publicada no Diário Oficial e quero dar a ordem de serviço ainda este ano”, destacou Gladson.

Presidente da ALEAc garantiu que a base de sustentação está unida com o governo.

Também foi perguntado sobre a segunda ponte que liga os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia. O governador anunciou em primeira mão que, fez o pedido ao Governo Federal a liberação de um projeto nos moldes da atual e que irá economizar muito.

Também foi perguntado em relação ao Hospital Wildy Viana, comentou que precisa terminar o que está faltando. “Estamos licitando para a área de saúde, mais de R$ 100 milhões e remédios e equipamentos (…), com a conclusão, estaremos diminuindo as filas cirúrgicas que temos no Estado”, destacou.

Gladson destacou que está penas a 10 meses no governo e não tem como resolver tudo em um prazo pequeno. Destacou que está trabalhando com os prefeitos e que a responsabilidade é grande e que tem o mecanismo, mas, precisa do apoio.

Disse que esteve com o Ministro da Saúde, e que está buscando meios para que possam aproveitar os médicos que se formaram na Bolívia, dizendo que tem muitos não querem trabalhar no interior e precisa sanar essas vagas.

Finalizou que na semana que vem estará visitando a regional do Alto Acre, se reunindo com os gestores e levando boas novas.

Comentários

Ler 15 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.