-->

Entrevista imperdível à Folha: ‘Bolsonaro é incapaz de dizer obrigado’

17 Mai 2020

folha entrevista ex-aliado #

Paulo Marinho, suplente do senador (Flávio Bolsonaro), e um dos financiadores da campanha presidencial de Bolsonaro à Mônica Bergamo, da Folha

588w" sizes="(max-width: 500px) 100vw, 500px"/>
Paulo Marinho é suplente de senador de Flávio Bolsonaro, filho do presidente

Ele conta:

“As piadas eram sempre homofóbicas. Os asseclas riam, mas elas não tinham nenhuma graça. E, no final, ele realmente despreza o ser feminino. Tratava as mulheres como um ser inferior. Não tinha uma mulher na campanha dele. Nunca houve.” (Paulo Marinho)

Paulo Marinho, um dos principais financiadores da campanha de @jairbolsonaro, denunciou uma manobra da Polícia Federal para beneficiar Bolsonaro na eleição.

Um delegado bolsonarista teria avisado Flávio Bolsonaro da Operação que pegou Queiroz. https://t.co/5PnICAW0nh

— Kim Kataguiri (@kimpkat) May 17, 2020

[Gustavo Bebbiano, ex-ministro de Bolsonaro]: ‘O capitão vai se enfraquecer de tal maneira que só vai ter a saída do golpe para se manter no poder. E ele é louco para fazer o golpe’. Ele tinha certeza que isso ia acontecer.” (Paulo Marinho, )

“Eu olhava o capitão, com aquele jeito tosco dele, e algumas coisas me chamavam a atenção. Por exemplo: ele era incapaz de agradecer às pessoas. Chegava uma empregada minha, servia a ele um café, um assistente entregava um papel, e ele nunca dizia um obrigado.” (Paulo Marinho) pic.twitter.com/PSKQGayCfz

— Blog do Noblat (@BlogdoNoblat) May 17, 2020

Aqui a matéria na Folha, clique na imagem

folha

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree