-->

Polícia prende suspeito de fazer festa e matar convidado em comunidade rural no Acre

02 Mai 2019

Crime aconteceu no dia 20 de abril. Suspeito não quis falar sobre o crime. Polícia prende suspeito de promover festa e matar convidado em comunidade rural no
interior do Acre Divulgação/Polícia Civil Genildo Gomes de Oliveira, de 30 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (3), em Mâncio Lima, no interior do Acre. Ele é apontado pela polícia como responsável pelo tiro que matou o agricultor José da Costa Silva, de 38 anos, durante uma festa, na comunidade Novo Recreio, no último dia 20. O suspeito deixou a comunidade logo após o crime e foi achado na manhã desta sexta em uma casa na cidade. Na delegacia, ele se negou a falar sobre o crime. “Segundo ele, vai exercer o direito constitucional de permanecer calado e só falar em juízo. Mas, já pedimos a prisão preventiva e no dia de hoje [sexta,3] foi dado cumprimento e depois de ser interrogado ele vai ser conduzido para penitenciária, onde vai ficar à disposição do poder judiciário”, afirmou o delegado Obetâneo Santos. Oliveira é dono da casa onde o crime ocorreu. De acordo com a polícia, ele teria promovido uma festa e entre os convidados estava a vítima que também participava de uma bebedeira e se envolveu em uma briga generalizada. A confusão que durou praticamente a noite inteira só se encerrou com a morte de Oliveira às 6h. O suspeito teria usado uma arma de fabricação caseira para atingir o pescoço da vítima que morreu no local. “Foi durante uma bebedeira que de forma fria e covarde ele ceifou a vida dessa vítima”, afirmou o delegado.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree