-->

No AC, grupo de voluntários se reúne para revitalizar espaços públicos abandonados

06 Mai 2019

Ideia do grupo é ganhar apoio de empresários e fazer ainda mais intervenções. Para conseguir os recursos, grupo faz rifas, consegue doações e tira do próprio bolso para limpar
os espaços abandonados. Espaço é restaurado e recebe atividades culturaisReprodução Rede Amazônica Unidos. Assim um grupo de 20 voluntários trabalha com a revitalização de prédios públicos abandonados, em Rio Branco. Eles fazem esse tipo de ação desde 2015, quando restauraram a Casinha Ocupação Cultural, no Canal da Maternidade. "Casinha foi o primeiro a ser feito, no Parque da Maternidade, e estava abandonada há pelo menos seis anos", conta a produtora cultural Lídia Sales, que faz parte do grupo de voluntários. Após a intervenção, o local recebeu pintura nas paredes, decoração nova e o mais importante está funcionando e realiza oficinas e saraus. Lídia Sales diz que ideia é envolver as pessoas em atividades culturais Reprodução Rede Amazônica Antes da reforma o prédio estava abandonado. De acordo com Lídia, o grupo fazia um ensaio próximo e viu a situação, descobriu que era da Federação de Xadrez, e entrou em contato com a direção e recebeu autorização para ocupar o espaço. "A gente andando pelo canal viu a situação de abandono e essa coisa de você ficar cobrando do poder público, então, a gente falou: 'vamos botar a mão na massa'. Começamos com a casinha e vamos atrás, vamos catar o lixo, vamos ver se as pessoas têm interesse", conta Lídia. A ideia do grupo é ganhar apoio dos empresários e fazer ainda mais intervenções. Para conseguir os recursos e realizar os trabalhos, atualmente, o grupo faz rifas, consegue doações e tira do próprio bolso para limpar os espaços abandonados. A produtora cultural diz que é bem realizador trabalhar com esse tipo de projeto. "Logo na sequência andar pelo canal não tem nem como descrever. A ideia é tirar as pessoas de casa, da internet, e fazer com que entendam que esse espaço é nosso." O trabalho é de formiguinha, mas, aos poucos, já é possível ver a diferença. Nas redes sociais, o grupo apresenta o resultado das intervenções e segue transformando os espaços. Voluntários se reúnem para revitalizar espaços públicos abandonados em Rio Branco
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree