-->

Acre chega a 34,6% da meta após dia 'D' da campanha de vacinação contra gripe, diz Saúde

07 Mai 2019

Foram imunizadas 12.965 mil pessoas no estado durante o sábado (4). Objetivo é vacinar mais de 242 mil de pessoas até o dia 31 de maio. Foram imunizadas 12.965
mil pessoas no estado durante o dia "D" de vacinação contra gripe Divulgação/Secom-AC O estado do Acre chegou a 34,61% da meta da campanha de vacinação contra o vírus Influenza, que causa a gripe. Segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (6), pela gerência de Imunização do Estado, 12.965 mil pessoas foram imunizadas no sábado (4), quando foi realizado o dia “D”. A meta do estado é vacinar mais de 242 mil pessoas até o dia 31 de maio. No ranking dos estados, o Acre aparece como o quarto com pior cobertura vacinal do país. O estado com a menor cobertura é o Rio de Janeiro com 25,84%, seguido do Pará com 27,44% e Roraima com apenas 32,37% de cobertura. Com o número de doses aplicadas neste sábado, 83,4 mil pessoas estão imunizadas contra a doença em todo o estado. Segundo a gerente de Imunização do Acre, Renata Aparecida, Cruzeiro do Sul chegou a 89,1% de cobertura vacinal e é o município acreano com melhor situação em relação à campanha. “Como esse dia marca a metade da campanha, a gente esperava, pelo menos, que se aproximasse de 50% da meta. Esse dia foi marcado, praticamente em todo estado, por chuvas, então a gente acredita que a baixa procura foi por conta disso. Tem também o congestionamento do site do Ministério da Saúde, e alguns municípios ainda estão inserindo informações”, disse a gerente. A estratégia para tentar chegar perto da meta, segundo Renata, é iniciar as visitas nas casas do público prioritário. “Agora, além da demanda espontânea nas unidades de saúde, vamos fazer a busca ativa de casa em casa. É uma estratégia que não é muito bem vista, porque mal acostuma as pessoas, mas é uma medida necessária”, afirmou. Rio Branco chegou a 24% Em Rio Branco, a cobertura vacinal chegou a 24% após o dia “D”, um aumento de apenas 8 pontos percentuais. A diretora da Vigilância Epidemiológica de Rio Branco, Socorro Martins, também atribuiu a baixa procura a forte chuva que atingiu a capital acreana. A meta da capital acreana é vacinar 80.689 pessoas do grupo prioritário. A vacina está disponível nas unidades de saúde da família no período de 8h às 12h e de 14h às 17h, e nas unidades de atendimento de referência no período de 7h às 18h. “Devido aquela chuva toda, nós não tivemos muito êxito no dia ‘D’. Estávamos com 25 postos abertos e outros pontos extras como supermercados e Terminal Urbano, e esperávamos chegar a 50%, pelo menos. Hoje as unidades até me ligaram dizendo que estavam com bastante gente, porque o pessoal que não foi sábado, foi hoje”, afirmou Socorro. Cobertura vacinal por grupo Crianças (6 meses a menores de 6 anos): 33,03% Gestantes: 38,17% Mães até 45 dias após o parto: 47,4% Trabalhadores da saúde: 42,56% Professores: 46,05% Povos indígenas: 25,1% Idosos com 60 anos ou mais de idade: 43,56% População privada de liberdade e funcionários: 23,45% Portadores doenças crônicas e condições especiais: 28,51% Militares: 9,72% Funcionários do sistema prisional: 19,35%
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree