-->

Pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes crescem 45% em rodovias do AC

17 Mai 2019

Dados foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal e se referem aos anos de 2017 e 2018, e aponta que no Acre são 11 pontos vulneráveis. Entre 2013 e 2014
eram apenas seis. Rodovias federais do Acre têm 11 pontos vulneráveis de exploração sexual de crianças e adolescentes Divulgação PRF/AC Dados de um levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgados nesta semana, mostram que a quantidade de pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes cresceu 45% nas rodovias federais do Acre. O comparativo é feito em relação aos anos de 2013 e 2014, quando o estado tinha seis pontos vulneráveis e entre 2017 e 2018, quando subiu para 11. O estudo é feito, através do projeto mapear, em parceria com a Childhood Brasil e monitora todos os estados da Federação. Segundo o levantamento, os locais mais propensos são postos de combustíveis, bares, casas de show, pontos de alimentação e de hospedagens nas duas rodovias federais que cortam o estado, as BR's 364 e 317. Ainda conforme a PRF, em 2018, uma criança em situação de exploração sexual foi resgatada em um destes pontos. O projeto mapear ocorre somente nas rodovias federais e aponta que em todas a regiões do país, as maiores incidências estão na zona urbana. A hipótese é de que a localização facilita o acesso e a movimentação de pessoas. A região nordeste é a mais critica, em relação as outras e aparece em primeiro lugar na tabela com 644 pontos de locais vulneráveis.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree