Big Banner Hospedagem de Site 1360x150
Quarta, 22 Mai 2019 13:00

Polícia continua buscas por corpo de homem que aparece sendo decapitado em vídeo no Acre


Um menor foi apreendido. Ao todo, cinco pessoas suspeita de cometer o crime foram identificadas. Vítima foi vista pela última vez na quarta-feira (15). Vídeo com decapitação é
divulgado na internet e polícia investiga o caso em Rio Branco Divulgação/Polícia Civil Mais um adolescente foi apreendido ainda na terça-feira (21), suspeito de participar da gravação de vídeo de uma decapitação, divulgado nas redes sociais neste fim de semana. Após a apreensão a polícia também localizou o celular e o capacete de Raimundo Lacerda do Nascimento. A divulgação do vídeo mobilizou as forças de Segurança em Rio Branco. As imagens do homem sendo degolado de forma brutal foram gravadas no Segundo Distrito de Rio Branco e acabaram viralizando. A suspeita da polícia é que o corpo da vítima tenha sido jogado no Rio Acre. "Nós identificamos outro adolescente que teria participado do crime e conseguimos localizar, com terceiros, o capacete e o aparelho celular da vítima", disse o delegado que comanda as investigações, Cristiano Bastos. O delegado disse ao G1 que Nascimento foi visto pela última vez na quarta-feira (15), quando conversava por meio de áudio com Adriana Silveira, suspeita de atrair ele ao local onde teria sido executado. Ainda segundo o delegado, a família fez o boletim de ocorrência na sexta-feira (17). "Agora, nós estamos esperando a família para fazer o reconhecimento dos objetos que foram encontrados em outra região da cidade, distante do local onde o vídeo teria sido gravado", explica. A polícia apresentou, na manhã de terça-feira (21), três pessoas que foram presas suspeitas pelo crime e um menor apreendido. São eles: Arlys Almeida, mais conhecido como Pepe; Emerson Saraiva, chamado de italiano e Adriana Silveira. Ao todo, cinco suspeitos foram identificados. Arlys Almeida, mais conhecido como Pepe; Emerson Saraiva, chamado de italiano e Adriana Silveira foram presos por matar homem Divulgação/Polícia Civil
Ler 37 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.