-->

Servidor do TJ-AC é preso a pedido do Ministério Público por peculato

11 Junho 2019

Servidor foi preso no domingo (9) em Manoel Urbano, interior do Acre. TJ-AC afirmou que instaurou processo administrativo para apurar o caso. Técnico judiciário do TJ-AC foi preso
no domingo (9) a pedido do MP-AC Reprodução/Google Street View Um técnico judiciário do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) foi preso pela Polícia Civil do município de Manoel Urbano, interior do Acre, no domingo (9), suspeito de peculato. A prisão é resultado de uma investigação do Ministério Público do Acre (MP-AC), que está em segredo de Justiça. Ao G1, o TJ-AC informou que o juiz da Comarca de Manoel Urbano, ao tomar conhecimento da situação, determinou a abertura de um processo administrativo para apurar os fatos. O advogado José Antônio Ferreira de Souza, que defende o servidor, afirmou que entrou com um pedido de habeas corpus em nome do cliente. Ele alegou que não pode falar sobre o processo porque está em segredo de Justiça. O técnico foi transferido da delegacia de Manoel Urbano, na segunda-feira (10), para a Unidade de Regime Fechado (URF) em Rio Branco. A Polícia Civil alegou que apenas cumpriu a mandado judicial e não pode comentar sobre os detalhes que levaram a prisão do servidor.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree